Garçom é preso com revólver calibre 38 após tentar matar pescador com três tiros em José de Freitas

Matéria publicada em, 7 de agosto de 2019

Por Chagas Silva

Uma guarnição da polícia militar do Piauí, lotada no 16° BPM da cidade de José de Freitas, prendeu na manhã desta quarta-feira, (07 de Agosto 2019), o garçom Rafael de Araújo Alves da Silva, 23 anos de idade, residente na Vila Maria, zona leste de Teresina, acusado de tentar matar com três tiros de revolver 38, o pescador Silvestre Moreira de Oliveira, 47 anos, fato ocorrido na localidade Alto do Meio, deste Município.

De acordo com informações colhidas pelo o Revista Opinião, Rafael, teria chegada na casa dos avós que fica na localidade Madeira Cortada, no final da tarde da última terça-feira, (06), e por volta das 5:00 horas da manhã desta quinta-feira, (07), o acusado fez uma campana próximo a casa do pescador, e efetuou três disparos em direção ao imóvel, acertando a parede da casa, sendo que o alvo séria o pescador Silvestre.

Garçom Rafael de Araújo Alves da Silva, 23 anos, preso com arma de fogo

Silvestre informou que há 1 ano atrás, sua residência foi invadida por três indivíduos armados com revolver, e na oportunidade levaram vários objetos da sua casa, como motocicleta, eletrodomésticos, celulares e outros pertences, Rafael foi apontado pela polícia como suspeito da prática do crime, fato que motivou a tentativa de homicídio contra o pescador nesta madrugada.

Pescador Silvestre Moreira de Oliveira, 47 anos, vítima

O Sargento-PM Miguel, relatou que após tomar conhecimento do ocorrido, se deslocou imediatamente para a região, e juntamente com o Cabo Ramylson, Bernadino e soldado Hadson, fizerem um cerco e conseguiram prender o acusado dentro da casa dos avós. A polícia localizou e apreendeu a arma de fogo, revolver calibre 38 municiado, que foi usado na tentativa de homicídio, e a motocicleta utilizada na fuga após efetuar os disparos.

O Sargento-PM Miguel, comandou a operação que culminou na prisão do acusado

Na delegacia de polícia civil de José de Freitas, o acusado negou as acusações, e disse que não pretendia matar ninguém, relatando ainda, que adquiriu a arma no troca-troca em Teresina, e era apenas para sua proteção pessoal. Rafael foi atuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.

FOTOS: Chagas Silva/Revista Opinião


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO