Portal Revista Opinião

Sob forte comoção de familiares, amigos e companheiros de farda, militar é sepultado em José de Freitas

Matéria publicada em, 20 de dezembro de 2021

O policial militar natural da cidade de José de Freitas – Pi, Erinaldo Alves da Silva, 32 anos de idade, morto covardemente com dois tiros de arma de fogo na noite do último domingo (19) no Bairro Mocambinho, zona norte de Teresina, foi sepultado no final da tarde desta segunda-feira (20) sob forte comoção no cemitério da localidade Crioli, zona rural deste município.

Segundo informações de populares, o militar que era lotado no 18° BPM na cidade de Água Branca, estava no dia de folga no bar do Lorim no bairro Mocambinho, e ao dar uma macha ré no seu veículo modelo Fiat Pálio teria atingindo de leve e derrubado a motocicleta do assassino, testemunhas afirmaram que o militar chegou a descer do carro, levantar a moto e pedir desculpas ao proprietário, que em seguida perseguiu o policial e efetuou dois disparos contra o mesmo atingindo ele no rosto e nas costas, tendo morte no local.

O corpo do militar foi velado na residência dos pais no Bairro Cidade Nova em José de Freitas, onde ele nasceu e cresceu. Durante o velório várias pessoas, incluindo amigos, familiares e companheiros de farda estiveram presentes no ato fúnebre e na oportunidade deixaram uma mensagem de fortalecimento aos pais e irmãos do praça.

O carro da funerária com o corpo do militar foi escoltado pelas viaturas do 16° BPM e Guarda Municipal durante todo cortejo fúnebre até o cemitério. A cerimônia de sepultamento contou com a presença de vários policiais familiares e GMs. VEJA O VÍDEO.

O comandante do 18° BPM da cidade de Água Branca-Pi, Capitão Oliveira, onde o mesmo era lotado, também participou do sepultamento e lamentou com profunda dor e revolta a morte do companheiro de farda.

Fotos e Informações: Repórter F. Mendes


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO