Portal Revista Opinião

Polícia prende os assassinos do delegado de Esperantina-PI, morto em Fortaleza nesta madrugada

Matéria publicada em, 17 de março de 2014

Os três homens acusados de ter matado com seis tiros na madrugada desta segunda-feira (17 de março de 2014), na capital do Ceará, Fortaleza, o delegado piauiense Lucas Craveiro Alves, de 32 anos, já foram presos pela Polícia Cearense e um dos acusados foi baleado durante uma troca de tiros com a Polícia. A arma do delegado que os bandidos haviam levado também já foi recuperada.

Lucas Craveiro Alves atuava na cidade de Esperantina-PI

Lucas Craveiro Alves atuava na cidade de Esperantina-PI

Os três acusados foram presos após uma perseguição policial. O bandido que saiu baleado na troca de tiros foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota, na Capital Cearense, sendo que os outros dois acusados foram levados para a Delegacia de Capturas, onde eles estão sendo investigados e está sendo feito os procedimentos legais.

A morte do delegado

O Delegado da Polícia Civil do Piauí, Lucas Craveiro Alves, foi morto na madrugada desta segunda-feira (17), em Fortaleza. Segundo informações de testemunhas, o policial estava sozinho numa lanchonete, no Bairro Patriolino Ribeiro, quando um carro suspeito passou em velocidade reduzida duas vezes pelo local.

Avenida em Fortaleza-CE, onde o delegado foi assassinado

Avenida em Fortaleza-CE, onde o delegado foi assassinado

Funcionários do estabelecimento desconfiaram do veículo e alertaram a vítima. Em seguida, o delegado Lucas decidiu ir embora e, quando estava no estacionamento foi abordado por ocupantes do veículo suspeito, que havia retornado ao local. De acordo com testemunhas, o delegado Lucas Craveiro que trabalhava em Esperantina-PI foi atingido por seis disparos e faleceu antes de ser socorrido pela ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Corpo do delegado Lucas Craveiro ao lado de seu carro

Corpo do delegado Lucas Craveiro ao lado de seu carro

Até o momento, a Polícia está investigando as motivações do crime. Lucas Craveiro Alves atuava no Piauí e estava passando o fim de semana em Fortaleza para rever a família. A vítima estava numa lanchonete no Bairro Patriolino Ribeiro, em Fortaleza, quando foi abordada e assassinada pelos bandidos.

Fonte e imagens: Cnews


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO