Portal Revista Opinião

Irmão de motorista descarta cachos de bananas como motivo do crime e esclarece alguns pontos do ocorrido

Matéria publicada em, 24 de outubro de 2021

A família do motorista Fernando, mais conhecido como Kinca, acusado de assassinar com golpes de faca, o próprio vizinho, o trabalhador braçal Francisco das Chagas Gomes da Silva, (Nego) fato ocorrido na manhã deste domingo (24) na Rua Mestre Pedro Ferreira, bairro Suco de Uva em José de Freitas, procurou a reportagem do Revista Opinião para dar versão no fato e esclarecer alguns pontos do ocorrido.

Odair José, irmão do motorista acusado do crime em José de Freitas

A família do motorista foi representada pelo o irmão, Odair José. Segundo ele, já existia um conflito entre a vítima e seu irmão, que começou após o motorista retirar do seu muro umas folhas e cachos de bananas secos, que teriam secados após o falecido atear fogo no quintal e queimar os pés de bananas que cairam sobre seu muro, causando sujeira, fato que teria irritado a vítima que passou a provocar por várias vezes o seu irmão com ofensas pessoais.

Odair José, também informou que seu irmão acusou o falecido de ter arremessado uma pedra, que atingindo a cabeça do seu filho. Revoltado com a situação, o caso foi parar na delegacia de polícia civil local 17°DP, que por sua vez repassou para o conselho tutelar tomar as providências por se tratar de caso envolvendo menor de idade. A veracidade desta versão foi confirmada inclusive pelo conselheiro tutelar de José de Freitas, Pedro Paulo.

Ainda segundo Odair, exisitam outros pequenos problemas que foram se agravando com o passar dos dias, e na manhã deste domingo (24) quando o motorista chegava em casa quando foi abordado pelo seu desafeto, na ocasião iniciou-se uma luta corporal, culminando no esfaqueamento de “Nego” que não resistiu e morreu em decorrência dos ferimentos. O motorista Fernando, mais conhecido como Kinca, saiu lesionado na mão e em seguida deixou o local sem dar notícias do seu paradeiro.

Kinca, atualmente trabalha como motorista da empresa de ônibus Andrade, que faz linha entre José de Freitas e Teresina. Em vídeo, Odair José dar mais detalhes do conflito entre seu irmão e vítima.


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO