Portal Revista Opinião

Homicida condenado a 8 anos de prisão é preso em José de Freitas após ameaçar companheira de morte

Matéria publicada em, 11 de julho de 2021

O maranhense identificado como Gilvan de Assunção Barros, 53 anos de idade, com mandado de prisão em aberto, foi preso na tarde domingo, 11 de Julho de 2021, por uma guarnição do 16° Batalhão da Polícia Militar, composta pelo Cabo Valmir, Lima e SGT Alan, após ameaçar de morte a própria esposa, fato ocorrido na residência do casal, na Rua Joaquim Sampaio, Bairro Deus Me Deu em José de Freitas-PI, com ele os PMs também apreenderam uma arma de fogo.

O Sargento Alan, mencionou para o Portal Revista Opinião, que a guarnição recebeu uma denúncia de violência doméstica e ao chegar no local, a vítima confirmou para a polícia que vinha sofrendo ameaças de mortes e violência psicológica praticado pelo seu companheiro Gilvan, diante das acusações o acusado recebeu voz de prisão. No local os policias também apreenderam uma arma de fogo calibre 12, possivelmente utilizada para fazer as ameaças contra a própria esposa.

Contra Gilvan de Assunção Barros, havia um mandado de prisão em aberto expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, datado de 2018, em decorrência de um crime de homicídio praticado naquele Estado, sendo condenado há 8 anos de prisão em regime fechado para assegurar o cumprimento da pena e não correr risco de fuga.

O preso foi encaminhado para a Central de Flagrantes em Teresina, onde foi autuado e indiciado na Lei Maria da Penha e também foi dado cumprimento o mandado de prisão do Estado de São Paulo. Gilvan deve ser transferido nos próximos dias para o sistema prisional piauiense. O indivíduo é natural da Timon-MA e atualmente residia em José de Freitas, foragido na Justiça paulista.


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO