Portal Revista Opinião

Freitense morre eletrocutado em granja na zona rural de Teresina

Matéria publicada em, 18 de setembro de 2012

O motorista Pedro Alvaro Cabral dos Santos, 53 anos, casado, natural de José de Freitas-PI, morreu eletrocutado, por volta das 9 horas desta terça-feira (18 de setembro de 2012), na Granja União, no Povoado Ave Verde, no KM-10 da PI-112, na Zona Rural de Teresina-PI, quando estava trabalhando em um Caminhão Munck.

Pedro Alvaro dos Santos é filho de Luzia Alvaro dos Santos Oliveira e de Damásio R. Oliveira, e residia na Rua João Mendes, 2851, no Bairro Planalto Ininga, na Zona Leste de Teresina-PI. Segundo o agente Francisco Ibiapina, que esteve no local, acompanhado do delegado Menandro Pedro, titular do 25º DP, e do chefe de investigação Edinaldo Costa, o motorista Pedro Cabral sofreu a descarga elétrica e teve morte imediata, no momento em que o braço mecânico do caminhão que ele dirigia, atingiu a rede elétrica.

Segundo Ibiapina, o motorista Pedro Cabral ainda desceu do caminhão e foi tocar em uma escada de ferro, quando então sofreu o choque elétrico. Os pés do motorista foram queimados em decorrência da descarga elétrica e os pneus do Caminhão Munck de placa LGW-0467-Teresina-PI, se transformaram em cinzas. Pedro Cabral estava trabalhando no caminhão guindaste que é utilizado para colocar alimentos no depósito das aves, quando acabou sofrendo o choque e morrendo.

A Granja União onde o josedifreitense morreu pertence a Francisco Barbosa de Lima. Por solicitação do delegado Menandro Pedro foi realizada uma perícia no local do ocorrido e depois, o corpo do motorista removido ao Instituto Médico Legal-IML, onde foi submetido a exames e em seguida liberado para os familiares.

O caso será apurado através de um inquérito policial, presidido pelo delegado Menandro, que é o titular do 25º, no Parque Anita Ferraz, no Bairro Pedro Mole.

Da Redação                                            Fonte: gp1


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO