Portal Revista Opinião

Antônio Filomeno, referência no Bairro Santa Rosa morre aos 80 anos de idade

Matéria publicada em, 17 de janeiro de 2022

O campomaiorense é naturalizado freitense, Antônio Bento de Sousa, mais conhecido como Antônio Filomeno, 80 anos de idade, que residia na Rua Joaquim Eva, Bairro Santa em José de Freitas, faleceu por volta das 4h30min da manhã desta segunda-feira (17) em um hospital da rede pública de saúde em Teresina, onde estava internado com alguns problemas de saúde.

Em vida deixou seus serviços prestados no desenvolvimento do Bairro Santa Rosa, onde morou por vários anos e deixou seu legado. Foi fundador e presidente da associação de moradores, construiu o Centro Comunitário e a Capela da Padroeira Santa Rosa de Lima, também lutou bastante pelos desenvolvimento do bairro na área de infraestrutura e outras melhorias para os moradores.

Como produtor de eventos, se destacou na realização de grandes festas no seu clube localizado na Rua Vespasiano de Carvalho no mesmo bairro, conhecido como “Clube do Filomeno” chegando atraí multidões ao local, no mesmo endereço funcionou seu pequeno comércio. Até hoje é referência como um grande cidadão.

Antônio Filomeno nasceu na zona rural de Campo Maior e em 1975 passou morar em José de Freitas, onde constituiu família com a freitense senhora Antônia, com quem foi casado e teve três filhos Graças, Nazaré e Zé Filomena e morava na Rua Joaquim Eva na Santa Rosa.

Com 80 anos de idade e bastante debilitado, o mesmo estava hospitalizado a vários dias com alguns problemas de saúde, como pneumonia, cardiopatia, ritmia cardíaca e insuficiência renal, vindo a falecer nesta segunda-feira (17). O velório está acontecendo na Capela de Santa de Rosa, o corpo será sepultado em sua terra natal em Campo Maior.


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO