Portal Revista Opinião

Estudantes mostram sua força e obrigam prefeito a revogar aumento de passagem

Matéria publicada em, 2 de setembro de 2011

Prefeito suspende decreto que aumentou a passagem

Estudantes e a sociedade em geral de Teresina dão exemplo de lutas polpulares e obrigam o prefeito Elmano Ferrer a revogar o aumento na tarifa de transporte coletivo, que havia dado na calada da noite de sexta feira(26) ja entrando em vigor na manhã de sábado(27). A passagem passaria de R$ 1,90 para 2,10. O aumento repentino somado as precárias condições dos serviços prestados causou a íra dos estudantes que passaram a se manifestar contrarios ao aumento.

Desde segunda(29) os manifestantes passaram a se reunir na Avenida Frei Serafim interditando o trânsito e exigindo a redução da passagem. No primeiro dia houve confrontos com  a polícia. Nos dias seguintes, a polícia, vendo a grandiosidade que o movinmento tinha ganho, só acompanhava as manifestações. Só o prefeito não via as proporções e corpo que as manifestações tinham ganho e se mostrava irredutível, afirmando que não negociava com manifestantes.

Na quinta feira(01) as manifestações atingiram seu ápce, quando manifestantes sairam da avenida Frei Serafim, no centro,  e tomaram também a Zona Leste da cidade(reduto da pequena elite teresinense). Na avenida João XXIII chegaram a incendiaram um ônibus, na Ponte Estaiada impediram a circulação daqueles que retornavam para suas casas.

“A situação esta insustentável, pessoas estão tendo seu direito de ir e vir impedidos. Sei que o movemento é justo, democratíco. sabemos que os vandalismos não foram os estudantes que cometeram, existem pessoas infiltradas”, com essas palavras o prefeito Elmano Ferrer abriu a entrevista coletiva que concedeu as 13h30 de hoje e, ao vivo(pelos canais de Tv), assinou o decreto que revoga o aumento por 30 dias, prorrogável por mais 30, até a conclusão do estudo de cauculos da planilha que definirá o valor que a passagem deverá ficar. Assim a passagem volta a ser R$ 1,90. A decisão surge após uma reunião com o secretariado e admitir que poderia suspender o decreto, na manhã desta sexta (02).

Comemoração dos estudantes

Estudante no quinto dia de protesto

Os estudantes sobem para a avenida Frei Serafim comemorando muito, com gritos de guerra e palavras de ordem. “Derrotamos o prefeito, derrotamos os grandes!” e grito de guerra: “Ah! Que é que é isso Teresina tá tomada. Ah! Que é isso Teresina tá tomada! É a Frei Serafim! É a Ponte Estaiada! Teresina está tomada!”
De forma inedita, Teresina acaba de dar exemplo de cidadania(embora com alguns excessos) e da necessidade de respeito para com o povo por parte daqueles que os administram. Ficou claro a nova ordem que se estabelece, onde homem público não pode pensar em tomar decisões de forma unilateral, sem pensas nas consequencias de suas decisões para a população. Se assim o fizer sairá ridicularisado e provará da força do povo, como aconteceu com o digníssimo prefeito de Teressina.

Da redação


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO