Portal Revista Opinião

Violência crescente em José de Freitas: jovem é encontrado executado

Matéria publicada em, 18 de maio de 2013

Nos últimos tempos a cidade de José de Freitas, localizada a 48 Km ao norte da capital Teresina, já não é mais a mesma cidade pacata de “outrora”. Isso se constata em mais um episódio ocorrido hoje (18) na cidade, onde, por volta das 6 horas da manhã, foi encontrado morto com um tiro na boca e outro na testa ao lado de um caminho dentro das terras da Fazenda São Fernando, na saída para Lagoa Alegre, a 3 Km do centro da cidade, o usuário de drogas identificado por Alexandro Alves da Costa, mais conhecido por Alex, 26 anos, solteiro, que residia na Rua Embaixador Aloísio Napoleão, no Bairro de Fátima, na cidade de José de Freitas-PI, 48 km de Teresina.

Populares olhando ocorpo de alex encontrado com tiros dentro da fazenda dos Melquíades em J. de Freitas

Populares olhando o corpo de Alex encontrado com tiros dentro da fazenda dos Melquíades em J. de Freitas

De acordo com a PM, que esteve no local através dos policiais Alencar, Lopes e Mourão, o crime tem características de execução, por acerto de contas entre traficantes e usuários de drogas, pois a vítima já havia sido presa pela prática de pequenos furtos na cidade.

O corpo de Alex foi encontrado a aproximadamente 250 m de um portão que dá acesso a roças de plantio e a um riacho dentro da fazenda, local onde passam várias pessoas que vão às suas roças ou ao riacho para pescar ou tomar banho. A cerca de 10 metros do corpo foi encontrada a bicicleta da vítima.

Alex era usuário de drogas e tinha 26 anos

Alex era usuário de drogas e tinha 26 anos

A polícia informou que o corpo de Alexandro Alves da Costa foi encontrado pelo trabalhador conhecido por Raimundinho, que se dirigia a sua roça, quando percebeu o corpo e comunicou aos donos da fazenda, que chamaram a Polícia Militar. O capitão Carlos Augusto entrou em contato com o delegado Antônio Carvalho, do 17º DP e este requisitou uma equipe de peritos do Instituto de Criminalística de Teresina, para se dirigir a José de Freitas, a fim de realizar uma perícia no local do crime.

Após a perícia, o corpo de Alex será removido ao Instituto Médico Legal, em Teresina-PI, e submetido a exames. Em seguida foi liberado para a família, retornando a José de Freitas, onde está sendo velado no bairro de Fátima.

A mãe de Alex é a empregada doméstica conhecida por Consuelo que já estava à procura do filho desde ontem. Consuelo tem problema de pressão alta e foi preparada antes pelos patrões para receber a notícia de que o filho havia sido encontrado morto com um tiro na boca e outro na testa. Segundo a Polícia Militar, os criminosos teriam atirado na boca de Alex, possivelmente porque eles (criminosos) achavam que a vítima estava falando demais, falando o que não devia. O outro tiro foi disparado na testa à queima roupa.

O crime será investigado através de um inquérito policial, presidido pelo delegado Antônio Carvalho Lopes, que está respondendo pelo 17º DP. A Polícia acredita que a vítima foi levada para o local da execução pelos próprios assassinos, que já teriam possivelmente planejado a sua morte por causa de acerto de contas. O inquérito policial presidido pelo delegado Carvalho vai esclarecer com detalhes a execução do usuário de drogas.

Da redação


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO