Portal Revista Opinião

Vigilante josedefreitense é baleado durante assalto em Teresina; bandido morre

Matéria publicada em, 23 de abril de 2014

O vigilante josedefreitens conhecido como Ronaldo, foi ferido por bandidos durante uma tentativa de assalto na sede do Senai, no Bairro Primavera, na Zona Norte de Teresina-PI na noite de ontem (22/04). Na troca de tiros, um dos bandidos morreu e outro saiu baleado. O vigilante da Cet-Seg também foi ferido a bala. O caso ocorreu por volta das 20h30min desta terça-feira (22). Ronaldo, que mora em Teresina, está internado em um hospital particular da capital. O nome completo do vigilante, sua imagem e endereço não foram divulgados por segurança.

senai

Segundo informações de testemunhas, cerca de cinco homens que ocupavam duas motos, invadiram o prédio do Senai na tentativa de levar a arma e o colete do vigilante, que reagiu e trocou tiros com os assaltantes. Um colega de trabalho do vigilante da Cet-Seg que foi baleado, informou que ele foi atingido por dois disparos. “Ele reagiu e também disparou contra os criminosos sendo que um deles foi morto e o outro ficou ferido. Os outros fugiram, pois eram de cinco a seis”, afirmou o colega do vigilante que não quis se identificar. O amigo falou ainda que o segurança foi socorrido e levado ao HUT, submetido a uma cirurgia e está internado em um hospital particular. A diretora do Senai, Lívia Melo, preferiu não se manifestar até que a perícia seja feita no local.

Há informações de que as câmeras de segurança do prédio filmaram toda a ação da quadrilha. O coronel-PM Alberto Menezes informou que as imagens feitas pelas câmeras de segurança mostram o momento em que os bandidos chegam em duas motos, ao estacionamento do Senai. “Era por volta de 20h30min quando eles se aproximaram do local. O vigilante foi informado por pessoas que estavam no local e acabou reagindo. Na troca de tiros, ele acertou dois dos suspeitos, que ainda conseguiram evadir-se do local”, explica o coronel Alberto. Segundo ainda o coronel Alberto Menezes, minutos depois ao tiroteio no Senai, foi repassada a informação de que no Hospital Municipal do Matadouro, um homem identificado como Felipe deu entrada, já sem vida. “Acreditamos que seja o mesmo indivíduo alvejado pelo segurança na troca de tiros”, diz o coronel Alberto. Policiais da Delegacia de Homicídios estiveram fazendo levantamentos no Senai onde ocorreu o tiroteio. Na fuga, os criminosos acabaram deixando para trás uma motocicleta, que será periciada na tentativa de identificar se é produto de roubo.

Fonte: cidadeverde


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO