Portal Revista Opinião

Vereador Bacharel será ouvido em duas ações que pedem a perda de seu mandato

Matéria publicada em, 4 de fevereiro de 2012

O Presidente da Câmara de José de Freitas-PI, vereador José de Araújo Chaves Neto, o Bacharel, será interrogado na próxima segunda-feira (6), na Comarca de José de Freitas-PI, pelo juiz Lirton Nogueira Santos, em duas ações em que são pedidas a perda do seu mandato eletivo por infidelidade partidária.

Vereador Bacharel, presidente da Câmara Municipal de José de Freitas-PI

 

Por volta das 8h, o vereador Bacharel será interrogado na Ação nº 696-46.2011.6.18.0000, em que o Procurador Regional Eleitoral, Marco Aurélio Adão está pedindo ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí a decretação da perda do seu mandato eletivo.

De acordo com o pedido feito pelo Procurador Marco Aurélio, que foi protocolado no TRE-PI, por volta das 11h22min do dia 10 de novembro de 2011, o vereador José de Araújo Chaves Neto teria praticado crime de infidelidade partidária. O Ministério Público Eleitoral, em sua Petição nº 69646, diz que o vereador Bacharel se desfiliou do PMDB de José de Freitas-PI, sem justa causa, e se filiou ao Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A outra audiência de que o vereador Bacharel vai participar está marcada para as 10h de segunda-feira (6), quando ele será ouvido em outra ação que foi impetrada pelo suplente de vereador do PMDB, Aroldo César, através do advogado Daniel Carvalho, que também pede a decretação da perda do seu mandato eletivo por infidelidade partidária. O juiz Lirton Nogueira vai ouvir também as testemunhas dos dois processos.

O Presidente da Câmara de José de Freitas-PI é defendido pelo escritório do advogado William Guimarães, representado pela advogada Andréia Araújo Silva.

Fonte: gp1


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO