STTR: Feira da agricultura familiar é sucesso em José de Freitas

Matéria publicada em, 2 de agosto de 2011

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de José de Freitas realizou no período de 29 a 31 de julho deste ano a lV Feira Municipal da Agricultura Familiar e Economia Solidária. O evento foi realizado no espaço cultural daquela entidade.

Produtores e visitantes durante a feira

Segundo os organizadores, o objetivo das feiras é divulgar as potencialidades produtivas e culturais do agricultor de áreas da reforma agrária e comunidades rurais em geral, demonstrando a importância destas para o desenvolvimento econômico e social local e territórios entre rios.

Organizadores

Stand de exposição de produtos

Produtos expostos na feira

Exposição agropecuária, apresentação cultural, roda de conversas, cursos e treinamentos foram algumas das atrações da feira. Aproximadamente duas mil pessoas compareceram durante os três dias de programação.

Várias comunidades expuseram seus produtos através de stands (dezenove ao todo). As comunidades Olinda, João Pereira, Pedra de Amolar, Canto do Saco, Boa Esperança, Carvalho, Lagoa do Piripiri, Bairros Santa Rosa, São Sebastião e Suco de Uva, Cooperativa FRUTOS DAQUI e Associação de Mulheres Produtoras Rurais na Agricultura Familiar de José de Freitas, expuseram seus produtos e seus talentos na feira.

Stand do Frutos Daqui

Na abertura (29) havia representantes dos seguintes parceiros do STTR: Banco do Brasil, Cooperativa Sempre Verde, SASC, Prefeitura Municipal de José de Freitas, SDR, STTR de União, Polo Sindical Regional de Teresina, FETAG-PI, MDA, Cooperativa FRUTO DAQUI, INSS, CONAB, Câmara Municipal de José de Freitas e outros mais.

O representante do Banco do Brasil, Luis Alves, falou da importância e da necessidade das associações se organizarem para obterem crédito. “Ouço muitos presidentes de associações reclamarem da ausência de associados em suas reuniões. Há muitos recursos do governo federal disponíveis para a agricultura de um modo geral, mas para ter acesso a eles é necessário organização. É preciso que o trabalhador tome consciência disso, se organize e cobre de seus representantes empenho para viabilizar tais recursos”, pontuou Luis Alves, durante visita à feira.

Luis Alves, representante do Banco do Brasil, falando da importância da realização da feira

Segundo os organizadores a feira foi um sucesso. “Nossa expectativa era que as pessoas pudessem ver a importância do trabalho desempenhado em associação. Que as pessoas valorizassem o que é produzido aqui mesmo em sua cidade e isso nós conseguimos, basta ver a grande quantidade de pessoas que passaram por aqui. O agricultor, o produtor sai fortalecido. Foi muito bom o resultado da feira”, avaliou Elisa Soares, diretora do STTR de José de Freitas, uma das organizadoras do evento.

Hortaliças da agricultura familiar
Flores artesanais em exposição

Por: Conceição Santos – aluna do curso de Comunicação e Produções


Revista Opinião