Portal Revista Opinião

Sorteio define jogo final da Copa do Brasil no Allianz Parque

Matéria publicada em, 30 de outubro de 2015

A CBF sorteou nesta quinta-feira (29/10) os mandos da final da Copa do Brasil. Palmeiras e Santos jogarão a ida na Vila Belmiro, no dia 25 de novembro, enquanto a volta será realizada no Allianz Parque, em 2 de dezembro.

Duudu

Desta forma, inverte-se o que aconteceu na final do Campeonato Paulista, quando o primeiro duelo foi disputado em São Paulo (com triunfo palestrino), enquanto a volta foi na Baixada (com vitória santista e conquista do título nos pênaltis).

A nova arena palmeirense, por sua vez, verá sua primeira volta olímpica, já que sediará a inédita “finalíssima”, com o campeão sendo definido lá. O estádio foi inaugurado em 20 de novembro do ano passado.

Vale lembrar que, na decisão da Copa do Brasil, não há critério de gol marcado fora de casa, diferente do que acontece nas fases anteriores da competição. O prêmio para o campeão será de R$ 4,5 milhões.

O Palmeiras chegou à final passando por Vitória da Conquista-BA, Sampaio Corrêa, Cruzeiro, Internacional e Fluminense. Já o Santos eliminou pelo caminho Londrina-PR, Maringá-PR, Sport, Corinthians, Figueirense e São Paulo até chegar à decisão.

Logo após o triunfo nos pênaltis sobre o Flu, o técnico palmeirense, Marcelo Oliveira, já tratou de elogiar o adversário.

“O time do Santos vem crescendo muito. É hábil, veloz, tem alguns garotos bons de bola e que encaixaram muito bem. Eles vêm conseguindo repetir o time, e isso vem dando um lastro muito bom”, ressaltou.

O treinador palestrino disputará sua 4ª final de Copa do Brasil nos últimos cinco anos. Nas três vezes em que chegou à decisão, contudo, acabou com o vice. Desta vez, ele espera um final feliz.

“Quem está chegando à final, uma hora vai ganhar. Quem não chega, não tem condição. Espero que seja agora. Uma hora eu vou ganhar”, bradou.

Já Dorival Jr preferiu não falar do Palmeiras, clube que comandou no Brasileirão do ano passado, mas prometeu que seu time seguirá jogando de maneira ofensiva para faturar o 2º título na temporada, depois do Estadual no início do ano.

“Falar do adversário é complicado, preciso falar do Santos, que precisa se preparar bem para dois grandes jogos. Não sei o que vai acontecer, o Santos não vai abrir mão da sua maneira de jogar e vamos continuar jogando da mesma forma aqui e fora daqui para fazermos duas grandes partidas decisivas”, destacou.

O comandante do clube praiano também elogiou a diretoria santista por manter o jogo na Vila Belmiro ao invés de mandar no Pacaembu, onde teria uma renda maior.

“Sobre a Vila não tem o que falar, é fundamental a Vila para o Santos e é a atitude correta a se tomar”, afirmou o campeão da Copa do Brasil de 2010.

Fonte: msn


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO