Portal Revista Opinião

Seleção Brasileira domina o Paraguai no tempo normal e na prorrogação, mas faz feio nos pênaltis e dá adeus à Copa América

Matéria publicada em, 17 de julho de 2011

A Seleção Brasileira criou chances, dominou o Paraguai e teve sua melhor apresentação na era Mano Menezes, mas deu vexame na hora da decisão por pênaltis e está eliminada da Copa América: após perder as quatro cobranças que teve (Elano, Thiago Silva, André Santos e Fred. O Brasil foi derrotado por 2 a 0 pelos paraguaios e caiu nas quartas de final do torneio neste domingo, em La Plata, depois de um empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação.

Paulo Silva e Vera na marcação contra Pato (Reuters)

Mais uma vez, a Seleção sai de uma competição nas quartas de final junto da Argentina. Na Copa do Mundo de 2006, os hermanos foram eliminados pela Alemanha e o Brasil em seguida caiu para a França. Em 2010, o time verde e amarelo tropeçou na Holanda e no dia seguinte os argentinos caíram de novo para Alemanha. Agora, no último sábado, a seleção de Messi e cia foi despachada pelo Uruguai, também nos pênaltis.

Festa Paraguaia após Fred perder o quarto pênalti brasileiro

Classificado para as semifinais, o Paraguai espera o adversário do jogo entre Chile e Venezuela, ainda neste domingo, às 19h15m (horário de Brasília). Quem vencer, encara o time guarani na quarta-feira, em Mendoza. A outra semifinal está definida entre Uruguai e Peru, terça-feira, em La Plata.

Elano, Lúcio e André Santos deixam o gramado cabisbaixos após derrota

Fonte: G1


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO