Portal Revista Opinião

Santos confirma venda de Neymar: Barça ou Real?

Matéria publicada em, 24 de maio de 2013

O Santos confirmou a venda do atacante Neymar, mas ainda não definiu o destino do atleta. Por meio de seu Twitter, o clube paulista divulgou que recebeu duas propostas pelo craque e está à espera do próprio jogador para resolver qual será a definição da negociação.

“O Santos FC informa que recebeu duas propostas pelo atleta Neymar da Silva Santos Junior. Diante das proposições… e das condições do contrato do jogador, o Comitê de Gestão do Clube decidiu negociar o jogador. Neymar Jr e seu pai são esperados na Vila Belmiro para escolher qual proposta o atleta irá aceitar”, disse o Twitter oficial do clube santista.

Neymar é negociado, confirma Santos

Neymar é negociado, confirma Santos

Depois de ter recusado duas propostas do Barcelona nesta semana, a primeira de 18 milhões de euros (R$ 46,9 milhões), e a segunda de 20 milhões de euros (R$ 52,5 milhões), o clube paulista aceitou a negociação pelo jogador, por um valor ainda não divulgado oficialmente.

Apesar de confirmar o sinal positivo para as propostas, o Santos não divulgou quem as ofereceu. Agora, a diretoria espera apenas o acerto do jogador para a saída dele ser oficializada. Informações dão conta que a outra oferta é do Real Madrid.

Espera-se que o acerto seja com o Barcelona, que teve um representante conversando diretamente com o clube nesta sexta-feira. O dia D da negociação começou quando o diretor esportivo do time catalão, Raúl Sanllehí, chegou à Vila Belmiro às 16h30 (de Brasília) para se reunir com o Santos e definir a contratação.

Parte da imprensa espanhola afirma que esse novo encontro entre Barcelona e Santos só aconteceu nesta sexta-feira depois de o Real Madrid ter aumentado a sua proposta pelo jogador. Diante desse fato, o dirigente do Barcelona pediu uma nova reunião para realizar uma contraproposta.

O pai do craque, Neymar da Silva Santos, também apareceu no estádio, mas logo deixou o local e deu um ultimato: ou o clube aceitava a nova oferta ou então o filho deixaria o clube ao final de seu contrato, após a Copa de 2014, de graça.

O pouco tempo restante do vínculo, por sinal, foi um aspecto facilitador da negociação, já que a multa rescisória era de 65 milhões de euros (R$ 170,4 milhões). Porém, como o atleta poderia acertar um pré-contrato com qualquer outra equipe em seis meses, o valor da transferência foi mais baixo.

Os direitos econômicos de Neymar estão divididos entre Santos (55%), DIS (40%) e Terceira Estrela Investimentos S/A (5%). Para bater o martelo, o time praiano desejava receber 25 milhões de euros por sua parte.

O jornal catalão Mundo Deportivo já divulgou que há o acerto entre o Barcelona e o Santos, apontando que só resta a assinatura para o acordo ser oficializado. Em grande parte da imprensa madrilenha, o discurso também é que o camisa 11 está a caminho da Catalunha.

Carreira

Neymar carregou o status de uma das maiores promessas do futebol brasileiro nas últimas décadas. Ele chegou ao clube em 2003 com apenas 11 anos de idade e, logo gerou expectativa não apenas na Vila Belmiro. Aos 15, estreou na Copa São Paulo de 2008 e começava a apresentar seu talento ao país. Em janeiro do ano seguinte, o atleta passou a integrar o elenco profissional. A partir de então, sua carreira decolou.

Não só destaque em campo, Neymar ganhou grande repercussão por sua popularidade, e o cabelo moicano usado por ele virou referência no Brasil. Em mais de quatro anos como profissional no Santos, o astro fez 229 jogos e marcou 138 gols. Considerando todos as partidas profissionais que fez, o atleta fez 172 gols e deu 84 assistências, em 229 confrontos. Ele é o 13º maior artilheiro da história do Santos.

Pela seleção brasileira principal, a história de Neymar começou a ser escrita antes mesmo de ir a campo. Fazendo dupla de sucesso com Ganso, que levou o Santos à conquista do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, via seu nome ser aclamado pela torcida e imprensa para ser convocado para a Copa do Mundo de 2010, mas o atleta acabou de fora da campanha do Brasil na competição, que foi encerrada nas quartas de final e que culminou na demissão do técnico Dunga.

No primeiro amistoso após o Mundial, o novo treinador Mano Menezes chamou o atacante, que estreou com um gol na vitória por 2 a 0 sobre os Estados Unidos, em 11 de agosto. Desde então, o craque não saiu mais das convocações da seleção, mesmo com a troca no comando, que passou de Mano para Felipão. Aotodo, são 39 jogos e 24 gols com a camisa verde-amarela.

Fonte: msn


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO