Robert Rios chama o presidente da Associação dos Magistrados Piauienses de “desocupado”

Matéria publicada em, 21 de março de 2011

“Nota de repúdio é coisa de desocupado. Na verdade esse presidente e essa nota nem merecem resposta da minha parte”, diz Rios.

Secretário de Segurança Robert Rios

Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi) através de seu presidente, José Airton enviou nota de repúdio contra o secretário de Segurança do Piauí Robert Rios, que protestou contra a decisão judicial que determinou a nomeação de Delegados de Polícia concursados. Na nota, a AMAPI disse estranhar a atitude do secretário, que há bem pouco tempo era favorável às citadas nomeações.

Após divulgação da nota da AMAPI, o secretário afirmou ter declarado apenas que o Governo não teria condições de arcar com as despesas das nomeações desses delegados, mas, que em nenhum momento criticou a decisão judicial.

“Em nenhum momento critiquei a decisão judicial, pelo contrário, sou totalmente a favor da nomeação dos delegados concursados. Quem é a pessoa que em sã consciência vai ser contra a nomeação de pessoas qualificadas e preparadas para ocupar um cargo? Só se for louco. O fato é que eu disse apenas que o Governo não tem como arcar com as despesas dessas contratações”, relembrou o Secretário.

José Airton de Sousa, presidente da Amapi

Rios creditou as declarações do presidente da AMAPI, dadas por meio da nota, ao fato do mesmo ter algo contra ele [Robert Rios]. “Acredito que o presidente da AMAPI tenha algo contra mim, ele tem alguma pendência contra minha pessoa. Agora, só não sei o porquê”, revelou.

Robert Rios disse também que não permite ser pressionado ou ameaçado por ninguém e disparou contra o presidente da Associação dos Magistrados Piauienses. “Nota de repúdio é coisa de desocupado. Na verdade esse presidente e essa nota nem merecem resposta da minha parte”, atacou.

A AMAPI garantiu ainda que vai cobrar que o Governo exija do secretário Robert Rios uma postura respeitosa para com o Poder Judiciário.


Revista Opinião