Portal Revista Opinião

River vence o Estanciano-SE e está nas quartas da Série D do Brasileirão

Matéria publicada em, 4 de outubro de 2015

O River deu mais um passo rumo à Série C do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (04/10), jogando no Albertão, o River venceu o Estanciano-SE por 3 a 0 em partida válida pelas oitavas de final. Fabinho, duas vezes, e Lucas Bacelar, marcaram os gols que deram alegria ao torcedor riverino.

Foto: River/facebook

Foto: River/facebook

Com a vitória, o River se classificou para as quartas de final do Brasileirão e agora enfrenta o Lajeadense em dois confrontos que definirão um dos quatro classificados para a Série C do Campeonato Brasileiro. A primeira partida acontece em Teresina, dia 11/10, e a partida de volta em Lajeado-RS, dia 18/10.

O JOGO

Precisando da vitória após ser derrotado na primeira partida, o River pressionou o Estanciano-SE logo no início do jogo. Aos três minutos, Raphael Freitas cabeceou uma bola que sobrava na área e obrigou boa defesa do goleiro Adson. No entanto, o Galo não conseguiu reverter sua ampla vantagem na posse de bola em jogadas de perigo ao gol sergipano.

Somente aos 38 minutos, o River voltou a assustar com chute de Tote após boa jogada pelo lado direito, mas que passou a esquerda da meta do Estanciano. Dois minutos depois, Esquerdinha foi quem finalizou bem e viu o goleiro defender mais uma. Ainda antes do fim do primeiro tempo, a torcida riverina comemorou, não um gol, mas a expulsão do volante Cloves, após falta em Índio.

Com um jogador a mais, a segunda etapa foi completamente pintada em preto, branco e vermelho. Com a entrada de Fabinho no lugar de Raphael Freitas, o Galo partiu com tudo para cima do time sergipano e criou uma chance atrás da outra.

Aos dois minutos, Júnior Xuxa cabeceou para defesa de Adson. Segundo depois, Fabinho chutou e a defesa do Estanciano desviou antes da bola chegar ao gol. Aos quatro minutos, Eduardo cabeceou e mais uma vez Adson defendeu. Aos oito minutos, Tote recebeu bom lançamento dentro da área e bateu forte, mas pelo lado de fora da rede. Aos 12 minutos, Tote bateu mais uma vez para fora. Aos 18, Rogério arriscou de fora da área e a bola passou à esquerda de Adson. Aos 21 minutos, Esquerdinha chutou e Adson defendeu.

Sete jogadas de perigo em 21 minutos. No minuto seguinte, Fabinho conseguiu, enfim, marcar o gol riverino. Após levantamento na área, a bola sobrou para o atacante piauiense que mostrou ter estrela e marcou o primeiro gol do Galo. A torcida riverina estava eufórica. O gol do River já deixava o placar suficiente para a classificação tricolor.

A festa ficou ainda maior quando, após bom cruzamento de Tote, Lucas Bacelar, filho do ídolo tricolor Sima Bacelar e que acabara de entrar no jogo, completou e marcou o segundo gol do Galo aos 32 minutos.

Para fechar a conta, mais um gol de Fabinho. Em contra-ataque rápido, Lucas Bacelar acha Rogério na ponta direita. O volante cruzou na medida para Fabinho marcar o seu segundo gol na partida e o terceiro do Galo.

Fonte: oolho.com


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO