Portal Revista Opinião

Professor de Teresina recebe Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 em São Paulo

Matéria publicada em, 19 de outubro de 2011

Na noite desta segunda-feira, dia 17, na Sala São Paulo na capital paulista, foi realizada a cerimônia de entrega do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 aos professores que tiveram seus trabalhos premiados. Entre os premiados, o professor de geografia, Luís Carlos Batista Rodrigues, da Escola Municipal São Sebastião em Teresina.

Luís Carlos, ganhador do Prêmio Victor Civita "Educador Nota 10"

A solenidade, que foi aberta por Roberto Civita, presidente da Fundação Victor Civita, teve a presença, de autoridades e personalidades, como o Ministro da Educação, Fernando Haddad, do Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Herman Voorwald e do Secretário Municipal de Educação de São Paulo, Alexandre Schneider. Também esteve presente no evento o presidente do Instituto Qualidade no Ensino (IQE), Horácio Almendra.

Durante a cerimônia foram apresentados vídeos dos 11 professores ganhadores, mostrando seus trabalhos. O evento foi conduzido pela atriz Denise Fraga, com show do compositor e cantor João Bosco. Entre os vencedores, o professor de Geografia, Luís Carlos Batista Rodrigues, que participando do programa Qualiescola do IQE, conquistou o prêmio com o trabalho “O comércio na organização do espaço teresinense”.

O objetivo do trabalho do Professor Luís Carlos foi mostrar às turmas de 9º ano como o comércio ajudou a organizar o espaço urbano de Teresina. Os 86 estudantes leram textos, analisaram mapas e fotos, observaram marcas do tempo na paisagem e fizeram entrevistas com moradores e trabalhadores, produzindo registros na escola e em visitas de campo, que culminaram com a produção de um documentário em vídeo, que será compartilhado com outras escolas da rede municipal de Teresina.

“É fundamental que os professores estejam em permanente autoavaliação para mudar suas perspectivas de ensino, principalmente, aliando teoria e prática”, declarou o educador. O prêmio Victor Civita, criado em 1998, tem como objetivo identificar, valorizar e divulgar experiências educativas de qualidade, planejadas e executadas por educadores em escolas de ensino regular em todo o Brasil. É a premiação recordista em número de inscrições em toda América Latina, ultrapassando a marca de 40 mil participantes em sua história. Nos 14 anos de existência, foram reconhecidos mais de 140 educadores entre professores e gestores escolares.

Da Redação


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO