Pregador João Batista Amado: um Operário da Messe em José de Freitas

Matéria publicada em, 10 de agosto de 2013

O Operário da Messe é aquele que é chamado por Deus a fundar uma obra. Ele tem o Dom da fecundidade espiritual, ele tem a vocação de cuidar de muitos filhos, de educar, despertar o desejo de amar, servindo a Deus dentro da comunidade que lhe foi constituída. O Operário da Messe é alguém especial que ouve a voz do próprio Deus e vive a intimidade assim como o fez João, que viveu a intimidade com Jesus, conhece o bater do coração de Mestre, fiel a Jesus, obediente, e dócil ao espírito santo. A voz do pregador é a voz de Deus para os seus filhos. No Brasil temos muitos operários que servem em nome de Deus, padres, pastores e leigos. A cidade de José de Freitas é agraciada por Deus com muitos operários: João Batista Amado é um deles.

“A messe é grande, mas os operários são poucos” (Lc 10,1-12). Assim resumiu João Batista Amado o seu trabalho de pregador com o Grupo Operários da Messe, da Paróquia de N. S. do Livramento, na cidade de José de Freitas, pertencente à Diocese de Campo Maior-PI.

João Batista Amado, com os pregadores João de Deus (esq), Maria do Amparo e José Neto (centro) e Raimundo Pereira (dir)
João Batista Amado, com os pregadores João de Deus (esq), Maria do Amparo e José Neto (centro) e Raimundo Pereira (dir)

São mais de 32 anos de sua vida especialmente dedicados à causa cristã. Nascido em 09 de setembro do ano de 1953, na localidade Viçosa, município de José de Freitas-PI. Aos dois anos de idade, João Batista mudou-se com os pais e os sete irmãos para a localidade Porteira Velha, também deste município, onde viveu grande parte da sua juventude. Aos vinte anos se aventurou a conhecer o “sul” do país, indo morar no estado do Rio de Janeiro, em Quatis, na cidade de Barra Mansa, onde trabalhou na ferrovia do aço. Foi por esse tempo que iniciou sua vida cristã efetivamente, participando de um grupo de jovens na igreja de N. S. do Rosário, que tinha Padre Inácio como pároco.

Em 1981 foi morar em São Paulo, onde participou de um curso de Animador Missionário na Igreja de Santa Cecília, na Barra Funda, atuando ativamente na igreja.

Depois, viajou para a cidade de Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, estabelecendo-se na Paróquia de São José Operário, onde fez o curso de Ministro da Comunhão Eucarística, permanecendo naquela missão por dois anos.

Em 1988 retornou ao Piauí, vindo para a cidade de Teresina, passando a morar no Bairro Piçarreira I. Participou mais uma vez do Curso de Ministro da Comunhão Eucarística, permanecendo por dois anos. Nessa época, atuou ativamente na construção de grupos católicos nas comunidades adjacentes, ajudando a transformar aquela região para o trabalho evangélico. Juntamente com alguns amigos, fundou o Grupo de Oração da Renovação Carismática do Bairro Piçarreira II e em seguida o Grupo Luz do Mundo na Piçarreira I. Logo depois, fundou o Grupo Rainha da Paz no bairro Satélite. Em 1994 retornou a sua terra natal, José de Freitas, para permanecer vivendo e evangelizando até os dias de hoje. Deixou um legado de fé e trabalho cristão naquela região da grande Teresina.

Já em José de Freitas intensificou sua atuação na igreja católica como Ministro da Eucaristia e missionário de Cristo como pregador.  Com a ajuda de amigos, no ano de 2001, quando o pároco da igreja de N. S. do Livramento ainda era o padre Juscelino, fundou o Grupo Operários da Messe, que realiza pregações evangélicas em toda a região de José de Freitas.

O Grupo Operários da Messe de José de Freitas conta atualmente com 22 pregadores, entre homens e mulheres. São eles: João de Deus (Assent. São José), Raimundo Pereira (Carimã), José Neto (Novo Horizonte), Maria do Amparo (Boqueirão), Francisco Alves (Carimã), Antonio Filho (Carimã), Raimundo Cândido (Carimã), Evangelista Alves (Carimã), Antonio Carlos Alexandre (Viçosa), Antonio Carlos Nascimento (São Sebastião), Expedito Alves (Brejo), Raimundo Hilário (Ema), Júlia (Buritizal), Joaquim Neto (Carimã), José Rodrigues (Boa Viagem), Renato Borges (Saco dos Sabinos), Cleonice (Boqueirão dos Craveiros), Maria de Jesus Cardoso (Porteira Velha), Cláudia (Com. São João), Alcides Mariano (Prata –Altos-PI) e João Batista Amado (Bairro santo Antonio).

João Batista Amado é um operário da messe por vocação, pois tem procurado desde suas primeiras experiências com Deus, o chamado “encontro pessoal com Cristo”, confirmar isso através de suas pregações, continuando sempre perseverante em seu amor a Deus, que cresce e se fortalece a cada dia, embora enfrente algumas dificuldades na caminhada. João batista Amado é casado há 25 anos e tem 4 filhos.

Pregações, entrar em contato através dos telefones: (86) 3264-1059 / (86) 9940-8125.

Da Redação

 


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO