Portal Revista Opinião

Prefeito e vice de Lagoa Alegre são cassados pela justiça

Matéria publicada em, 10 de outubro de 2013

Nesta quinta-feira (10/10) foram cassados os mandatos do prefeito e do vice-prefeito da cidade de Lagoa Alegre-PI pela juíza Elfrida Costa Belleza Silva, titular da 16ª Zona Eleitoral, em União-PI.

Messias Moreira Elizardo, do PTB, e seu vice, Edilázaro da Cunha Freitas foram cassados acusados de compra de votos e abuso do poder econômico na eleição de 2012. A sentença da juíza Elfrida determina ainda que Gesimar Costa, segunda colocada nas eleições, assuma a Prefeitura de Lagoa Alegre, que fica a 77 km de Teresina.

Prefeito e vice de Lagoa Alegre-PI, cassados em 1ª instância

Prefeito e vice de Lagoa Alegre-PI, cassados em 1ª instância

A cassação se deu depois que a juíza da 16ª Zona Eleitoral, em União-PI, julgou procedente uma ação impetrada pela coligação “O Trabalho Continua”, que denunciou que os candidatos cassados distribuíram kits de campanha com boné, uma camisa e uma viseira da cor identificadora do partido dos investigados, “que eram entregues aos eleitores pelo primeiro representado (Messias Moreira), juntamente com toda sua equipe de campanha, notadamente sua esposa, irmã, filho, sobrinha e outros”, diz a denúncia acatada pela juíza Elfrida Belleza.

A sentença com a cassação dos mandatos de Messias Moreira e de Edilázaro Freitas foi publicada por volta das 13h37min desta quinta-feira (10 de outubro), no Mural do Fórum de Justiça da Cidade de União-PI. A juíza Elfrida Belleza além de cassar os mandatos de Messias Moreira e de Eidilázaro Freitas, ainda deixou os dois inelegíveis por oito anos.

Da Redação                                 Fonte: saraiva


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO