Portal Revista Opinião

Polícia prende três pessoas e apreende armas, munição e drogas na barragem do bezerro em José de Freitas

Matéria publicada em, 11 de junho de 2020

Pelo menos três armas de fogo apreendidas, munições, drogas, dinheiro, três veículos e oito pessoas conduzidas para a delegacia de polícia do 17° DP, sendo três autuadas em flagrante, foi o resultado de uma batida policial realizada por policiais militares do 16° BPM no final da tarde desta quarta-feira (10 de Junho 2020), a um grupo de pessoas oriundas de Teresina, que se encontravam em atitude suspeita em uma barraca localizada no lado “A”, também conhecido lado dos ricos da barragem do bezerro na cidade de José de Freitas Piauí.

O Sargento PM Mourão da polícia militar de José de Freitas, informou que a polícia recebeu uma denuncia via telefone, dando conta de uma aglomeração de pessoas em uma barraca na barragem do Bezerro, comercializando e usando drogas, de imediato três guarnições se deslocaram para o local, sendo duas convencionais e uma tática, ao chegar no endereço citado na denuncia, foi constatado um grupo de pessoas, entre homens e mulheres, oportunidade que foi realizado as buscas pessoais e nos veículos.

Durante uma busca pessoal em dois suspeito foi encontrado uma certa quantidade de entorpecentes, em seguida os policiais realizaram uma revista minuciosa também nos veículos, sendo uma Hilux de cor branca, um Fiat Uno e uma Pick-Up Fiat Toro, culminando na localização e apreensão de duas pistolas 380 e 55 munições, além de um revólver calibre 38 cano curto e 6 munições, as armas estavam em carros diferentes, inclusive uma das pistolas pertence a Secretaria de Segurança Pública  do Estado do Piauí.

Ainda segundo a polícia, um total de oito pessoas foram conduzidas para a delegacia de de José de Freitas, 17° Distrito Policial, no entretanto, apenas três indivíduos identificado como Romalio Ricardo da Silva, Igor Barbosa da Silva e Carlos Antônio dos Santos, ambos residente na capital piauiense, foram levados para central de flagrantes em Teresina, onde foram autuados pela polícia civil após assumirem a propriedade das armas. O trio tem uma longa ficha criminal acusado de envolvimento com tráfico de drogas e outros crimes, contra um deles, havia inclusive um mandado de prisão em aberto.

O restante dos conduzidos, inclusive duas mulheres, foram liberados e irão responder um Termo Circunstanciado de Ocorrência. As guarnições eram compostas pelos os policiais SGT Mourão, Cabo Ramylsom, Cabo Bernadino, Cabo Paz, Soldado Diego, soldado Paulo e soldado Cutrim, comandante do batalhão Tenente Coronel Jorge Neto, subcomandante Major Carlos Augusto.

IMAGENS: Repórter F Mendes o Boca Quente


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO