Portal Revista Opinião

Polícia prende jovem de 21 anos e apreende um menor acusados de matar homem com problemas mentais em José de Freitas

Matéria publicada em, 25 de outubro de 2020

Em menos de 24 do latrocínio que teve como vítima Zé Neto, 42 anos de idade, fato ocorrido por volta das 20h do último sábado 24 de outubro na localidade Luz, zona rural de José de Freitas, policiais militares do 16° batalhão desvendaram o crime e recuperaram o aparelho de TV levado pelos os criminosos da casa da vítima e apreendeu um menor e prendeu um maior de idade acusados de participação direta no crime.

Segundo o Cabo Ramylson após o crime a polícia iniciou as diligências no sentido de identificar e prender os acusados. Diante das informações levantadas a polícia identificou o primeiro acusado, como sendo um adolescente de inicial (P) e seu comparsa de nome Jailson de 21 anos, ambos residentes no Bairro Cidade Nova em José de Freitas.

Acusado de nome Jailson 

Ainda segundo a polícia o menor de idade foi apreendido quando se encontrava em um estabelecimento comercial próximo a um posto de combustível no bairro Suco de Uva. Já o maior de idade foi preso na própria residência quando se encontrava dormindo. Após a prisão a dupla foi encaminhada para central de Flagrantes em Teresina para os procedimentos cabíveis.

Adolescente infrator acusado de participação no crime

Na manhã deste domingo (25) o aparelho de TV roubado durante o latrocínio e uma faca possívelmente usado no crime foi localizado em um matagal na altura do açude do Bairro Gusmão nesta cidade. A polícia segue as buscas por um terceiro elemento que séria o autor dos disparos e estaria inclusive com a arma do crime.

A perícia criminal informou que a vítima além de ser atingida pelos os disparos supostamente com uma arma de fabricação caseira, também sofreu uma perfuração de faca, que pode ter inclusive provocado sua morte. O corpo chegou em José de Freitas por volta das 9h da manhã deste domingo 25.

Zé Neto era especial e aluno da APÃE de José de Freitas. A instituição publicou uma nota lamentando a morte do seu aluno e ao mesmo tempo repudiando o ato de violência contra uma especial.


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO