Polícia prende dois acusados de matar mototaxista com golpes de faca em J. de Freitas; delegado conclui inquérito

Matéria publicada em, 31 de maio de 2014

Após investigações a polícia civil fechou o inquérito que investigava a morte de Manoel Pereira do Nascimento filho, o “Chambira”, motataxista assassinado com onze facadas no início da manhã desta sexta-feira (30) em José de Freitas.

Acusados do homicídio, Chiquinho Ligeiro e Avelar
Acusados do homicídio, Chiquinho Ligeiro e Avelar

Os presos pela polícia são Francisco Alves Portela, vulgo “Chiquinho Maneiro”, de 24 anos, residente no Bairro Gusmão. O outro acusado é conhecido pelo nome de Avelar, morador do Bairro Cidade Nova.

Manoel Pereira, morto com vários golpes de faca na manhã de sexta, 30/05
Manoel Pereira, morto com vários golpes de faca na manhã de sexta, 30/05

A polícia chegou aos acusados depois de receber denúncias de populares afirmando terem visto os dois acusados durante a madrugada nas imediações do local do crime. As investigações constataram ainda manchas de sangue nas roupas usadas pelos dois acusados, e o capacete da vítima foi encontrado próximo à casa de um deles. Uma faca suja de sangue, provavelmente utilizada para cometer o crime brutal, foi encontrada em poder do acusado vulgo “Chiquinho Maneiro”.

Para a polícia, o crime já está solucionado. O delegado Luciano Alcântara, que preside o inquérito, aponta latrocínio, roubo seguido de morte, como causa da morte. Os dois serão indiciados e o inquérito será encaminhado para a justiça para julgamento. Os dois acusados encontram-se presos na delegacia de José de Freitas-PI.

Da Redação


Revista Opinião