Polícia já tem suspeitos da morte de mototaxista com 11 facadas em José de Freitas

Matéria publicada em, 30 de maio de 2014

A polícia de José de Freitas já tem suspeitos da morte do mototaxista Manoel Pereira do Nascimento Filho, o “Chambira”, de 41 anos de idade, morto com 11 facadas no início da manhã desta sexta-feira, 30 de maio de 2014, na rua Edgar Gaioso, trecho que liga o centro ao Bairro Ipiranga em José de Freitas-PI.

Um dos acusados do crime
Um dos acusados do crime

Um dos suspeitos é Francisco Alves Portela (24), residente no bairro Cidade Nova. O acusado possui várias passagens pela polícia, por furto e tentativa de homicídio, dentre outros crimes. Outro acusado é um jovem que é usuário de drogas. Ele teria sido encontrado com a camisa suja de sangue. Um terceiro suspeito, e que também está sendo investigado pela polícia foi detido ainda na manhã de hoje (30) numa ação da polícia civil comandada pelo agente Gilson Ferreira. Os nomes não foram divulgados.

Outro acusado do crime
Outro acusado do crime

Mototaxista recebeu ligação telefônica 4 horas da manhã

De acordo com informações de populares, o mototaxista Manoel Pereira do Nascimento Filho, o Chambira, teria recebido uma ligação telefônica de uma mulher, por volta das 4 horas da manhã desta sexta-feira (30 de maio), que lhe chamava para fazer uma corrida do Bairro Cidade Nova para o Centro de José de Freitas-PI. Há suspeita de que esta mulher teria sido usada para lhe chamar e que seguisse em sua moto pela Rua Edgar Gaioso até ao local da via pública onde possivelmente os assassinos já estivessem lhe esperando. Todas as hipóteses e informações estão sendo investigadas pela Polícia Civil de José de Freitas, que é comandada pelo delegado Luciano Alcântara.

Agente de polícia Gilson Ferreira segurando a arma do crime
Agente de polícia Gilson Ferreira segurando a arma do crime

Da Redação                                                                                         Fonte e imagens: realidademefoco


Revista Opinião