Portal Revista Opinião

PMs fazem manifestação e pedem salários iguais aos da polícia civil

Matéria publicada em, 18 de junho de 2011

Os policiais militares e bombeiros do Piauí fizeram uma manifestação na tarde desta sexta (17) pedindo valorização profissional e equiparação salariam com os policiais civis. Segundo o capitão Evandro Rodrigues, coordenador do movimento, o governo do Estado reconheceu a importância da PM no período da greve dos civis.

PM Evandro

A Associação dos Oficiais vem realizando reuniões em todas as zonas de Teresina para explicar aos PMs como será o movimento que para melhorar as condições de trabalho. O capitão Evandro Rodrigues, presidente da associação, afirma que esse é um movimento pacífico, ordeiro e legalista.

Na tarde de desta sexta (17) eles se reuniram na Praça Pedro II, com a presença de cerca de 80 policiais. “Nós não vamos grevar, não vamos usar de violência. Nós só queremos mostrar o quanto a profissão é desvalorizada”, declarou.

Os militares querem a equiparação dos salários com os policiais civis. “O policial civil ganha mais que o dobro de um PM”, explicou.

A organização planeja uma grande assembleia, cuja data será divulgada no dia 30.

Nessa assembleia eles pretendem apresentar para o governo do Estado uma proposta de salário, pedidos de equipamentos de salário e medidas de valorização profissional.

“Resolvemos fazer essa manifestação nesse momento porque o governo e o secretário de Segurança, Robert Rios, reconheceram a importância da PM no Piauí quando a polícia civil estava em greve”, declarou.

Fonte: cidadeverde


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO