Portal Revista Opinião

Piauí é o estado do Nordeste que menos investiu em saúde, constata IBGE

Matéria publicada em, 17 de março de 2014

Imagem: reprodução

Imagem: reprodução

O Piauí foi o estado da região nordeste que menos investiu na área da saúde em 2012, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números revelam que foram investidos apenas 10%, portanto, abaixo dos 12% fixados pela lei. Por causa da falta de investimentos, a população sofre aguardando meses por uma consulta.

Para a dona de casa Deusa da Silva, uma dos maiores problemas é a falta de médicos no sistema de saúde pública. “Tem gente que passa até quatro dias no corredor e os médicos não atendem. Eu acho que precisa de mais atendimento e profissionais”, disse Deusa.

O drama se repete todos os dias na saúde pública do Piauí. São pacientes na longa fila de espera aguardando consultas ou cirurgias. Há três meses o agente de pedreiro Francisco da Silva, caminha para o ambulatório do Hospital Getúlio Vargas (HGV) em busca de uma cirurgia de próstata. “é um absurdo, mesmo sendo um direito que temos, mas não é cumprido”, afirmou.

O índice de investimento no Piauí também foi considerado o 6º pior do país. O secretário de Fazenda, Silvano Alencar, discorda do número apresentado. “Os números não correspondem ao nosso estado. Se fosse verdade nós teríamos as contas reprovadas. O percentual de investimento na saúde está acima do limite estabelecido pela lei de responsabilidade fiscal”, afirmou Silvano.

Fonte: G1


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO