Pescador que evitou tragédia na Barragem do Bezerro vive em estado de vulnerabilidade social

Matéria publicada em, 17 de abril de 2018

O pescador Francisco Olivam, casado pai de três filhos menores de idade, residente no Bairro São Pedro, periferia da cidade de José de Freitas, que na madrugada do domingo 08 de abril do corrente ano  percebeu uma fissura  (buraco) no paredão da barragem do Bezerro e alertou  aos  barraqueiros um  possível rompimento do logradouro público que ora se encontra  abandonado pelo poder publico.

Olivam vive  hoje em situação de vulnerabilidade social com a família, prestação da casa em atraso há  mais de um ano, devendo mais de R$ 1.000.00 no comercio onde compra fiado alimentação necessária à família.  Uma das crianças nasceu com um problema de saúde chamado lábio leporino, mesmo já tendo dado inicio ao tratamento o pescador está sem condições de continuar devido não ter recursos nem mesmo de arcar com as passagens e alimentação quando precisa ir ao hospital São Marcos em Teresina.

Na manhã desta terça feira 17, Olivam e sua esposa estiveram na Radio Comunitária Cidadania onde foi dado inicio uma campanha para que os mesmo possam ir à Teresina para as consultas que já iniciaram. Os ouvintes do programa ”Bom dia José de Freitas” sensibilizados com a situação da criança enviaram ajudas e foi arrecadado quase R$ 500.00.

As pessoas que desejam  colaborar com esta campanha podem entrar em contato com o numero (86) 994037317.


Revista Opinião