Pela internet, brasileiros assinam petição de Impeachment de Renan Calheiros da Presidência do Senado

Matéria publicada em, 7 de fevereiro de 2013

Milhares de brasileiros já assinaram a petição intitulada “Impeachment do Presidente do Senado: Renan Calheiros”, através do endereço da Avaaz na internet.

impeachment 1

O site “Petições da Comunidade” é uma plataforma online da Avaaz, que dá as pessoas ao redor do mundo o poder de iniciar e ganhar campanhas a nível local, nacional e internacional. O site divulga e incentiva as pessoas de todas as classes sociais, em diferentes países a participarem de ações sobre questões urgentes como corrupção, pobreza, conflito e mudança climática.

O modelo de organização da internet da Avaaz permite que milhares de esforços individuais, ainda que pequenos, sejam rapidamente combinados com uma poderosa força coletiva. Esta ferramenta da Avaaz, “Petições da Comunidade”, facilita a execução de campanhas locais, nacionais ou internacionais que somam para criar uma mudança positiva em todo o mundo.

Está no site da Avaaz: “Avaaz, que significa “voz” em vários países europeus, do Oriente Médio e em idiomas na Ásia, foi lançado em 2007 com uma missão simples e democrática: organizar os cidadãos de todas as nações para fechar a lacuna entre o mundo que temos e do mundo a maioria das pessoas em todos os lugares quer. A comunidade da Avaaz organiza campanhas em 15 línguas, tem uma equipe central em 6 continentes e milhares de voluntários. Agimos – assinando petições, financiando campanhas de mídia e ações diretas, mandamos e-mail, fazemos lobby em governos e organizamos protestos e eventos “offline”  – para garantir que os pontos de vista e valores das pessoas do mundo influenciam as decisões que nos afetam.”

Esta campanha de impeachment de Renan Calheiros foi criada na Avaaz pelo brasileiro Emiliano Magalhães, com o intuito de recolher mais de 1,3 milhões de assinaturas, o que corresponde a 1% do eleitorado brasileiro, que é a cota necessária para apresentar no Congresso Nacional um projeto de lei de iniciativa popular a ser entregue ao Senado do Brasil. Até as 00h13min desta quinta-feira, 07 de fevereiro, momento do fechamento desta matéria, já eram mais de 394 mil assinaturas online.

Veja a Petição:

Petição

De acordo com o regimento interno do Senado, a votação que escolhe o presidente da casa é secreta, sendo assim, fica mais fácil os acordos de gabinetes entre as bancadas. Renan Calheiros foi eleito com 56 votos, contra 18 do mato-grossense Pedro Taques, 2 nulos e 1 voto em branco.

Da Redação


Revista Opinião