Nós somos BANDEIRANTES!

Matéria publicada em, 9 de agosto de 2011

Clube dos Bandeirantes

Há 20 anos os idealizadores deste magnífico projeto de criação da Associação, visionários da necessidade lançaram o projeto pensando no entretenimento, lazer e no social.  Quero exaltar a coragem dos mesmos, que saíram em peregrinação batendo de porta em porta para garimpar sócios, um trabalho duro e exaustivo. Quero, de forma singela, parabenizar os protagonistas desta história, pois seus sonhos eram ver a referida em pleno funcionamento. Quero louvar de forma especial aos que compraram um produto abstrato, mesmo assim acreditaram. Quero reconhecer a relevante importância dos colaboradores. Quero me congratular com todos os associados, que com compreensão e a paciência souberam esperar por este momento histórico e de consagração da família bandeirantes.

Quero enaltecer a primeira diretoria, que trabalhou incansavelmente para organizar e dar personalidade jurídica à referida. Meticulosos, tiveram honestidade, responsabilidade e compromisso de fazerem a aquisição de um patrimônio, que, mesmo depois de 20 anos, com sua venda, comprou esta sede, faltando apenas um complemento de 15 mil reais. A estes guerreiros, meus aplausos.

E nós, enquanto diretoria, estamos apenas representando juridicamente e socialmente, e fazendo cumprir o estatuto, pois  os associados são estrelas que brilham a exuberância deste aprazível e aconchegante lugar celeste, que é dos sócios para os sócios.

A família é a maior instituição planetária, é nela que nos apoiamos e buscamos o suporte da vida material e espiritual. Com isso, nos unamos no desenvolvimento de nossa associação para breve chegarmos ao topo da colina dos clubes sociais. E nós, que somos constituídos em família bandeirante, vamos valorizar e bem cuidar deste nosso segundo lar.

De forma particular, quero agradecer a missão a mim confiada, que muito honro, e sempre respeitarei e estarei aposto para bem servi-los.

Muito obrigado!

 Faustino Alves dos Reis Neto

07/08/2011


Revista Opinião