Portal Revista Opinião

Mulher é atingida com golpe de enxada pelo ex-marido em José de Freitas

Matéria publicada em, 27 de fevereiro de 2014

O pedreiro Raimundo Nonato dos Santos, mais conhecido por Pelezinho, acusado de ter desferido uma enxadada na cabeça de sua ex-mulher Maria do Livramento Rocha Santos, por volta das 23h30min da última quarta-feira (26 de fevereiro de 2014), na cidade de José de Freitas-PI, a 48 km de Teresina, vai se apresentar por volta do meio dia desta sexta-feira (28 de fevereiro), na Delegacia de José de Freitas-PI, ao delegado Walter Pereira Júnior.

Dona Maria do Livramento mostrando o corte de enxada feito pelo marido

Dona Maria do Livramento mostrando o corte de enxada feito pelo marido

Pelezinho será apresentado por um advogado que foi contratado pela sua família. O crime ocorreu na própria residência da vítima, na Rua Turvânia, no Conjunto Francisca Trindade, no Bairro Princípio. O pedreiro Pelezinho que é muito conhecido em José de Freitas conta que já é desquitado de Maria do Livramento com quem teve três filhos.

Pelezinho disse que tudo foi muito rápido e que já estava conversando com Maria do Livramento para reatarem e voltar a morar juntos, quando começaram a discutir e Maria do Livramento teria lhe empurrado. Foi quando então pegou a enxada e atingiu a cabeça da mulher. O pedreiro conta que não tinha intenção de matar a ex-mulher e que vai responder tudo na Justiça e que irá se apresentar nesta sexta-feira (28), ao delegado Walter Júnior para ser ouvido sobre o ocorrido.

Delegado Walter Junior

Delegado Walter Junior

De acordo ainda com informações, o pedreiro Pelezinho teria chegado na casa da ex-mulher Maria do Livramento, por volta das 19h30min de quarta-feira (26), onde teria entrado pela porta da frente, sem praticar nenhum arrombamento, tendo assistido o jogo do Flamengo com o Emelec, e já por volta das 23h30min foi que teria ocorrido o desentendimento que resultou no crime de violência doméstica. Segundo familiares de Pelezinho, o pedreiro havia saído da casa onde morava com Maria do Livramento, na Rua Turvânia, no final de 2013,mas que sempre retornava com a ex-mulher.

Rua Turvânia, onde fica a casa em que ocorreu a agressão contra a dona de casa

Rua Turvânia, onde fica a casa em que ocorreu a agressão contra a dona de casa

O caso está sendo apurado através de um inquérito policial, presidido pelo delegado Walter Pereira Júnior que após concluí-lo vai encaminhá-lo à Justiça. A vítima, Maria do Livramento, após ter recebido os cuidados médicos comunicou o ocorrido na Delegacia de José de Freitas, onde as providências legais começaram a ser tomadas pelo delegado Walter Júnior.

Da Redação                                                     Imagens: jfagora


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO