Motoristas de ônibus decidem por greve a partir da quinta-feira (22)

Matéria publicada em, 16 de maio de 2014

Os trabalhadores das empresas de ônibus de Teresina decidiram, na manhã desta sexta-feira (16), que irão iniciar uma greve por tempo indeterminado na próxima semana. A categoria pretende cruzar os braços na quinta-feira (22), caso não haja avanço na negociação com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Teresina (Setut).

Greve pode parar os ônibus no próximo dia 22 na capital
Greve pode parar os ônibus no próximo dia 22 na capital

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro), Francisco das Chagas Oliveira, explica que os empresários tiveram uma proposta de 6%, que não foi aceita pela categoria. “Eles querem dar apenas 6% linear que corresponde à reposição da inflação que foi 5,82%. Nós queríamos 13% e já baixamos para 10%”, descreve.

Além do reajuste salarial, os trabalhadores querem a redução da carga horária, plano de saúde pago pelos empresários, café da manhã, entre outras reivindicações.

“Vamos para mais uma rodada de negociação na próxima segunda-feira (19) com o Setut e vamos ter outra assembleia na terça (20). Se não houver avanço, vamos iniciar a greve na quinta-feira”, afirma.

Fonte: cidadeverde

Presidente do Sintetro, Francisco das Chagas Oliveira
Presidente do Sintetro, Francisco das Chagas Oliveira

Revista Opinião