Lavrador sai para trabalhar na roça e sofre infarto fulminante

Matéria publicada em, 16 de março de 2011

Corpo do lavrador

O corpo do lavrador José Francisco Ferreira da Cruz, de 50 anos de idade, mais conhecido por Deca da Lirândia, por volta das 21:00h desta terça-feira 15 de março, foi encontrado a três quilômetros de sua residência, na localidade Lirândia, zona rural de José de Freitas, onde residia.

De acordo com informações obtidas junto à família, o lavrador saiu de sua casa por volta das 15:40 , em uma bicicleta, levando um facão para trabalhar na roça. Como o lavrador não retornou a sua casa no horário de costume, a esposa resolveu pedir ajuda a um filho e vizinhos, para realizarem buscas nas imediações da roça. Somente às 21:00h, José Francisco foi localizado, no meio do mato já sem vida. Sua bicicleta foi encontrada a dez metros de distância do cadáver. Uma equipe da Polícia Militar da cidade esteve no local e acionou a perícia do IML que compareceu por volta de 01:00 da manhã.

Após verificar o corpo, foi constatado que o lavrador teve morte provocada por um infarto fulminante, já que o corpo não apresentava nenhuma lesão e sinais de luta corporal, ou seja, estava ileso. Ele era casado, tinha dois filhos e netos. Deca sempre trabalhou como lavrador.

Após o corpo ser liberado, os familiares, amigos e vizinhos providenciaram a remoção para a sua residência onde aconteceu o velório e em seguida o sepultamento, ocorrido já nesta manhã de quarta-feira (16), no cemitério da localidade vizinha, Vertente.

 

 


Revista Opinião