José de Freitas: profissionais da educação se reúnem para avaliar a greve com a presença de Odeni Silva

Matéria publicada em, 20 de abril de 2012

Na manhã desta sexta-feira (20/04), trabalhadores em Educação do Estado do Piauí, reuniram-se na sede do SINTE – Núcleo Regional de José de Freitas-PI, para avaliar a greve dos professores da rede estadual, que já dura 52, dias e discutir outras pautas.

Odeni Silva (pres. do Sinte/PI), Júlio Morais (pres. núcleo Altos) e Carmem Solange (pres. núcleo José de Freitas)

 

Estiveram presentes professores e outros profissionais da educação de José de Freitas, além da presidente estadual do SINTE, professora Odeni Silva e do presidente do núcleo regional de Altos, professor Júlio Morais, onde a greve atinge hoje cerca de 80% dos trabalhadores. O encontro foi organizado pela regional de José de Freitas, através de sua presidente, Carmem Solange.

Profissionais da educação da rede estadual presentes no encontro

 

Em sua fala, Odeni Silva tirou dúvidas sobre a situação dos precatórios de alguns servidores do estado, falando sobre os encaminhamentos tomados, falou dos avanços obtidos pelo sindicato em prol dos servidores administrativos, e sobre o plano de carreira dos servidores da educação.

Profissionais da rede estadual de educação reunidos na sede do SINTE/JF

 

Em relação à greve dos professores, a sindicalista disse que continua forte, principalmente na capital, e pediu aos professores de José de Freitas que continuem com a greve, que não desanimem com as ameaças do governo de cortar o ponto e descontar em folha, pois é somente através de ameaças e autoritarismo que o governo sabe lidar.

“Infelizmente, nós temos que chegar quase à metade do ano de greve, lutando por nossos direitos, sendo massacrados, implorando para que o governo cumpra a Lei do Piso. Esse governador Wilson Martins e esse secretário de educação Átila Lira são verdadeiros inimigos da educação”, desabafou Odeni Silva.

Reunião na sede do SINTE/JF nesta sexta-feira (20/04/12)

 

Os Trabalhadores em Educação no Piauí, se reunirão na próxima segunda-feira (23/04), a partir das 9h da manhã na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí – ALEPI, para tentar sensibilizar os deputados estaduais para que não aprovem o projeto de autoria do Governo Wilson Martins, que entre outras inconsequências , acaba com a gratificação de regência dos professores e não atende a Lei do Piso para todas as classes do magistério.

Mais de trinta profissionais da educação de José de Freitas manifestaram o compromisso de participar do encontro na Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira. Um ônibus será fretado pelo sindicato local para transportar os participantes do protesto em Teresina. Além dos profissionais da educação, alunos e pais de alunos também são convidados.

Da Redação


Revista Opinião