IBGE: consumo das famílias responde por 60,6% do PIB

Matéria publicada em, 3 de março de 2011

A alta de 7,5% no Produto Interno Bruto (PIB) em 2010 ante 2009 foi norteada pelo avanço no consumo das famílias, segundo o coordenador de Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Luis Olinto Ramos. O especialista lembrou que o consumo das famílias cresceu 2,5% no quarto trimestre de 2010 ante o terceiro trimestre; e avançou 7,5% na comparação com o quarto trimestre de 2009. Em 2010, o consumo das famílias cresceu 7% ante 2009, o sétimo ano consecutivo de aumento. ‘O consumo das famílias respondeu por 60,6% do PIB em 2010’, afirmou.

‘Na evolução trimestral, foi o vigésimo nono trimestre de crescimento consecutivo’, acrescentou. Na avaliação de Olinto Ramos, o consumo das famílias em 2010 foi influenciado positivamente pelos bons sinais mostrados pelo mercado de trabalho, como crescimento do emprego e da massa salarial real. ‘Além disso, também tivemos no ano passado o incentivo de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em alguns produtos’, disse ele, lembrando os benefícios de redução e de isenção fiscal promovidos pelo governo, principalmente no setor de bens duráveis, para estimular o consumo do mercado interno no cenário pós-crise global. Isso ajudou a aquecer a demanda doméstica, na análise do especialista. ‘Quem explicou mais o crescimento de 7,5% do PIB foi a demanda interna’, afirmou.

Fonte: estadao.com


Revista Opinião