Governo quer escola de modelo militar, ideb próprio e 14º salário para diretores no PI

Matéria publicada em, 9 de junho de 2015

Em entrevista no Jornal do Piauí da TV Cidade Verde desta terça-feira (9), a secretária estadual de educação, Rejane Dias, anunciou a implantação do modelo de escola militar, com cursos profissionalizantes e regime de tempo integral. A gestora ainda anunciou a intenção do estado em mudar o formato de eleições para diretores e ainda conceder aos mesmos um 14º salário, além de criar um índice próprio para avaliação do desempenho da educação na rede pública.

Rejane Diasjpg

Rejane Dias informou que o modelo de escola militar é bem sucedido no Ceará e a experiência deve ser levada para pontos estratégicos de Teresina a partir do ano que vem. Prevendo uma procura elevada, a Secretaria de Educação deverá fazer provas seletivas para matricular os alunos. Inicialmente a escola Dirceu Arcoverde, que já conta com um trabalho semelhante no bairro Morada do Sol, zona Leste, deve adotar o sistema.

A secretária também demonstrou preocupação com a avaliação do ensino. Para Rejane Dias, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do governo federal, não pode ser o único parâmetro para identificar as dificuldades da educação do Piauí. “O governador Wellignton Dias tem acompanhado isso bem de perto e ele tem dito que vai estar investindo porque entende que educação é prioridade para o desenvolvimento do estado”, declarou.

De acordo com Rejane Dias, um Ideb próprio do Piauí pode apontar quais as intervenções corretas a serem feitas, avaliando todas as escolas da rede estadual, e não por amostragem. Além disso, o governo pretende monitorar e premiar as melhores escolas.

Outra novidade anunciada pela secretária trata das mudanças na escolha dos diretores de escolas. “O professor que queira ser candidato a diretor vai passar por um curso de formação na área de gestão”, disse Rejane Dias. Só depois de qualificados, os candidatos iriam disputar o voto dos alunos. “Inclusive o governador está disposto a pagar um 14º salário para os diretores de escola”, acrescentou.

Rejane Dias ainda anunciou que deve entregar as obras de reforma do Liceu Piauiense no segundo semestre deste ano.

Fonte e imagens: cidadeverde


Revista Opinião