Portal Revista Opinião

Governador prorroga decreto no Piauí e impõe novas medidas de prevenção ao Covid-19 no Estado

Matéria publicada em, 31 de março de 2020

Após reunião entre o governador Wellington Dias e integrantes do Comitê de Organização de Emergência, ficou mantido o decreto que determina o fechamento do comércio e a suspensão de atividades não essenciais no estado do Piauí, até o próximo dia 30 de abril, exceto serviços como Lotéricas, bancos e microcréditos continuam funcionando, entretanto com medidas de protetivas.

Além da proibição de funcionamento de shoppings, bares, restaurantes e estabelecimentos similares em todo o Estado, o governo matem também as aulas suspensas por tempo indeterminado na rede pública e privada. Outra medida, segundo Wellington, será a intensificação da fiscalização nas divisas do estado. Qualquer pessoa que entrar no Piauí terá de cumprir o período de quarentena, sob orientação médicas e das autoridades em vigilância sanitária.

“Quem entrar por avião, ou embarcação, ou rodovia, estrada vicinal, todo e qualquer veículo, mesmo que venha de cavalo ou jumento. Entrou no Piauí, vai ter que cumprir a quarentena”, explica. Dias justifica que já foram identificados pelo menos dois casos de infecção no Piauí, cuja contaminação se deu por contato com pessoas vindas do Ceará. No estado vizinho, até este domingo (29), 348 casos de Covid-19 tinham sido confirmados.

Continua permitido o funcionamento de estabelecimentos do setor de alimentos, desde que trabalhem apenas por delivery ou pronta entrega, sendo vedado o consumo no local. As atividades de serviços essenciais continuam funcionando, porém atendendo as medidas protetivas, (uso de luvas, máscaras e disponibilização de álcool em gel ou local para higienização). São as novas medidas prevenção ao Covid-19, Coronavírus. Em José de Freitas, o decreto está sendo fiscalizado pela Polícia Militar, com o apoio da Guarda Municipal.

FONTE: 10Graus


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO