Portal Revista Opinião

Gabriel Jesus é eleito craque e Palmeiras tem oito na seleção do Brasileirão

Matéria publicada em, 13 de dezembro de 2016

Como se o título do Campeonato Brasileiro de 2016 não fosse suficiente, o Palmeiras celebrou mais troféus na noite desta segunda-feira (12/12). Com sete jogadores eleitos para a seleção do Brasileirão, o elenco comemorou ainda mais conquistas na cerimônia promovida pela CBF. O Técnico Cuca também compôs a seleção.

Já vencedor da Bola de Ouro pela manhã, o camisa 33, Gabriel Jesus, foi consagrado como o melhor jogador da temporada.

Revelados aos poucos e por setores, os selecionados subiram ao palco, juntos, para receber a premiação. O Verdão, como era de se esperar, teve representantes em todas as zonas da equipe formada pelos maiores craques do torneio.

O Flamengo, terceiro colocado da competição, teve dois atletas entre os escolhidos. Atlético-MG e Grêmio, que finalizaram o campeonato em quarto e nono lugar, respectivamente, tiveram um dos seus entre os melhores.

Na defesa, a comissão eleitoral formada por jornalistas, jogadores, ex-jogadores e técnicos colocou Jailson no gol, Jean na lateral direita, Pedro Geromel e Yerry Mina como zagueiros e Jorge no lado esquerdo. Já o meio de campo foi formado por Diego, Moisés, Tchê Tchê e Dudu. No comando do ataque ficaram Gabriel Jesus e Robinho.

Feliz em compartilhar a posição com Robinho, que admira desde pequeno, o palmeirense exaltou a dupla ofensiva da seleção. “É um ataque que junta juventude com experiência. Vi ele jogar, lembro das pedaladas. Nós, mais jovens, sabemos da importância que o Robinho tem para o Brasil. Fez parte da minha infância, sempre assisti ele jogar”, disse Jesus.

Campeão brasileiro, o técnico Cuca, que não pôde comparecer ao evento, venceu o prêmio de melhor técnico. O treinador do Botafogo, Jair Ventura, recebeu o troféu da categoria de Treinador Revelação e Vitor Bueno, do Santos, foi eleito o Atleta Revelação.

Danilo, goleiro da Chapecoense e uma das vítimas do acidente aéreo envolvendo a delegação do clube a caminho de Medellín, na Colômbia, para a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, foi o Craque da Galera.

Emocionada, a mãe do jogador, Ilaídes Padilha, subiu ao palco para receber o prêmio. “Neste momento as pessoas é que querem me abraçar, e é isso que tem me dado forças e me mantido em pé. É assim que eu me mantenho em pé. Você me abraça e eu me seguro. Não foi só o Danilo que se foi, foram quase todos.

Em nome da Chapecoense eu quero agradecer a todos pelas homenagens prestadas. O pessoal de Chapecó amava os jogadores. Peço de coração para que os próximos guerreiros que chegarem lá abracem a torcida e se tornem os nossos novos guerreiros”, disse, antes da homenagem prestada ao clube catarinense.

Confira abaixo os vencedores do Prêmio Brasileirão 2016:

SELEÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Jailson – Goleiro (Palmeiras)

Jean – Lateral Direito (Palmeiras)

Pedro Geromel – Zagueiro (Grêmio)

Yerry Mina – Zagueiro (Palmeiras)

Jorge – Lateral Esquerdo (Flamengo)

Diego – Meia Direito (Flamengo)

Moisés – Volante (Palmeiras)

Tchê Tchê – Volante (Palmeiras)

Dudu – Meia Esquerdo (Palmeiras)

Gabriel Jesus – Atacante (Palmeiras)

Robinho – Atacante (Atlético-MG)

MELHOR TÉCNICO

Cuca (Palmeiras)

TREINADOR REVELAÇÃO

Jair Ventura (Botafogo)

ATLETA REVELAÇÃO

Vitor Bueno (Santos)

CRAQUE DA GALERA

Danilo (Chapecoense)

MELHOR TRIO DE ARBITRAGEM

Raphael Claus (SP)

Marcelo Van Gasse (SP)

Rogerio Zanardo (SP)

ARTILHEIROS (14 GOLS)

Diego Souza (Sport)

Fred (Atlético-MG)

William Pottker (Ponte Preta)

TROFÉU FAIR PLAY

Flamengo
Fonte: Gazeta Esportiva


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO