Portal Revista Opinião

Futebol: Lagoa Seca bate Nacional e conquista o bi da tradicional Copa São José

Matéria publicada em, 4 de março de 2013

Foi finalizada no último sábado (02) uma das maiores competições do futebol amador do município de José de Freitas, a tradicional Copa São José de futebol amador realizada na comunidade Assentamento São José, zona rural de José de Freitas.

jogada

 

Numa tarde de público recorde, as agremiações de Nacional Futebol Clube, de José de Freitas e da Lagoa Seca Esporte Clube protagonizaram ao torcedor um grande espetáculo de futebol. A expectativa por parte do grande público presente de um grande jogo se confirmou durante toda a partida, onde muitos se perguntavam quem seria o campeão da XII Copa São José de Futebol amador 2013.

Povo 1

 

As duas equipes estavam invictas no certame, e quando a bola rolou o torcedor de Nacional e Lagoa Seca pôde vibrar com boas jogadas de ambas as partes. A torcida presente queria mesmo era o gol, e ele veio ao final do primeiro tempo através do goleador José Luiz Bôto aproveitando uma  indecisão da retaguarda do Nacional, colocando a bola nas redes do goleiro De Deus, abrindo o placar para a Lagoa Seca.

Equipe da Lagoa Seca

Equipe da Lagoa Seca

 

Na segunda etapa o Nacional bem que tentou. Pressionou de todas as formas, obtendo até um maior volume de jogo, mas a forte marcação de seu adversário não permitia que seus principais jogadores pudessem criar boas situações a ponto de empatar a partida.

 

Equipe do Nacional

Equipe do Nacional

Antes do final da partida os jogadores Zinho, volante da Lagoa Seca, e Zezinho, meia do Nacional, foram expulsos de campo pelo competente árbitro da partida o Sr. Florindo Castro, vindo de Teresina, que conduziu a grande final de maneira exemplar.

Com o resultado de 1×0 a seu favor, a equipe da zona rural aguardou apenas o apito final do árbitro para juntos, jogadores, comissão técnica e torcedores vibrarem com o bicampeonato da Tradicional Copa São José.

Povo

Além do troféu de campeão patrocinado pelo médico Moacir Monteiro, a Lagoa Seca levou um prêmio em dinheiro de R$ 2.000,00. Já o vice campeão, o Nacional, ficou com um troféu doado pelo empresário Hosmir e mais um prêmio em dinheiro de R$1.000, 00.

O artilheiro da competição foi o atacante da Lagoa Seca José Luis Bôto, autor de 04 tentos na competição. O atacante recebeu um troféu e mais R$ 150,00. A grande revelação do evento foi o atacante Dyogeny, da Lagoa Seca, que recebeu R$ 150,00. O melhor goleiro foi o arqueiro Fernando Bôto, da Lagoa Seca, que em cinco jogos não tomou nenhum gol. Ele recebeu como prêmio um valor de R$ 50,00. Já o melhor atleta da grande final foi também o atacante Dyogeny da Lagoa Seca. A organização do evento ficou a cargo mais uma vez de José Elias, Til e Professor Francisco.

Após a solenidade de encerramento com a presença de muitos políticos da região, muito forró para o público presente.

Por Francisco Saraiva – Til                                         Fotos: Adailton José


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO