Freitense é brutalmente torturado e morto dentro da própria casa, vítima teve as mãos e pés amarrados

Matéria publicada em, 16 de março de 2019

Por Chagas Silva

O freitense João Luís Moreira, 49 anos de idade, ex-morador da cidade de José de Freitas foi assassinado na noite desta sexta-feira, 15 de Março, dentro da sua própria residência localizada no Bairro Redonda, região do grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina, cujo corpo foi encontrado por vizinhos na manhã deste sábado, (16) com sinais de violência.

Segundo informações do major Wilton Sousa, do 8º Batalhão da Polícia Militar, vizinhos acionaram a polícia através do Copom informando sobre o fato. “Fomos acionados e chegando no local encontramos o portão da casa aberto, entramos no local com os vizinhos e nos deparamos com o freitense morto em um dos cômodos da casa onde a vítima morava sozinho”, disse o major PM.

O corpo de João Luís foi encontrado de bruços, amordaçado em uma cama com os pés e as mãos amarradas, e um tecido cobrindo o rosto da vítima que foi morto por asfixia e uma perfuração de arma branca, sendo brutalmente torturado durante o crime. Os criminosos deixaram a casa totalmente revirada com baganas de cigarros, garrafas de vizinhos e cervejas espalhadas pela residência.

“Testemunhas relataram que um casal passou a noite toda bebendo com a vítima e alguns objetos foram roubados do local, como duas TVs, então, a princípio, a linha de investigação é crime de latrocínio, sendo, portanto o casal suspeito do crime”, disse o major. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está à frente da investigação.

João Luís Moreira era filho do casal Antônio Izabel e Rosa Doca, ambos já falecidos, e morou por vários anos na Avenida Fausto Gaioso em José de Freitas, onde será sepultada em um cemitério da cidade após o velório na Igreja de São Francisco, a vítima era tio do ex-funcionário da prefeitura Municipal na gestão do ex-prefeito Josiel Batista, eletricista Osmir Moreira. Familiares e amigos estão chocados com brutal assassinato.

Eletricista Osmir e Cabeça residentes em José de Freitas ambos sobrinhos da vítimas


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO