Freitense é assassinado na madrugada em Teresina

Matéria publicada em, 5 de março de 2011

A vítima, Régio, como era conhecida, trabalhava na oficina do Neto Peças no Balão de José de Freitas.

Reginaldo Nunes, o Régio, como era conhecido
De acordo com o Boletim de Ocorrência expedido pelo delegado Mamede Rodrigues do 5º DP, às 4:40h do dia de hoje, na BR-343, Bairro Beira Rio em Teresina-PI, próximo ao Mercado do Peixe, o mecânico Reginaldo Nunes da Silva, mais conhecido como Régio, 28 anos, filho de Antônio Soares da Silva e Maria das Graças Nunes Silva, residentes no Bairro Ypiranga em José de Freitas, foi brutalmente assassinado à queima roupas.
O homicídio ocorreu quando a vítima e seu primo Wélber Queirós, que reside em Teresina, após saírem de um bar próximo ao Balão do São Cristóvão, e iam os dois numa moto rumo à residência de Wélber no Dirceu I, foram abordados por um veículo Renault Clio, de cor prata, com dois rapazes não identificados, que realizaram dois disparos de revólver contra o Régio e o Wélber, no qual a vítima foi atingida por um dos projéteis abaixo da axila, do lado esquerdo, vindo a óbito no local do fato.

A vítima Reginaldo foto: portalemdia.com

Após os disparos os condutores do Renault Clio fizeram o retorno na BR-343 e saíram na direção da Av. Joaquim Nélson.

 

 

As investigações seguem por conta do Delegado Mamede Rodrigues do 5º DP em Teresina.

 

Segundo a família, acredita-se na hipótese de execução por engano, já que os dois primos não se desentenderam com ninguém durante a noite de ontem.

 

O corpo da vítima está sendo velado na casa dos seus avós, na rua Santo Estevam, no bairro de Fátima, em José de Freitas.


Revista Opinião