Ex-prefeito condenado em três processos por currupção é assessor do senador Ciro Nogueira

Matéria publicada em, 10 de abril de 2012

Ex-prefeito Luiz pedrosa
Condenado três vezes por improbidade administrativa pela Justiça Federal e réu em mais de 17 ações cíveis e criminais o ex-prefeito de Luis Correia, Luiz Eduardo dos Santos Pedrosa, “trabalha” no Gabinete do Senador Piauiense Ciro Nogueira, sendo lotado no escritório de apoio do parlamentar em Teresina. O ex-prefeito, segundo dados do Senado Federal, foi admitido em 28 de abril de 2011 e percebe mensalmente remuneração de R$ 2.042.14, estando sujeito a um regime especial de frequência, não sendo obrigado a bater ponto.

Luiz Pedrosa foi condenado em 2010, pelo Tribunal de Contas da União – TCU, a devolver R$ 494.607,90 (quatrocentos e noventa e quatro mil, seiscentos e sete reais e noventa centavos) por ter deixado de prestar contas de recursos da Fundação Nacional de Saúde– Funasa, destinados a melhorias sanitárias, e condenado pela Justiça Federal por improbidade administrativa por três vezes, 27/11/2009, 22/02/2010 e em 09/03/2010, com suspensão dos direitos políticos.

Na Subseção Judiciária de Parnaíba da Justiça Federal é réu em 05 ações por improbidade administrativa e 05 ações penais, e em Teresina é réu em mais 03 ações por improbidade e 04 ações penais.

Ciro Nogueira em seu Helicóptero particular
Na eleição de 2010 Ciro Nogueira foi o candidato apoiado pelo atual prefeito de José de Freitas, Ricardo Camarço, para o senado.

 

Fonte: GP1


Revista Opinião