Estrago no sangradoro da barragem é alvo de ação do ministério público local

Matéria publicada em, 24 de abril de 2018

Chagas Silva Para o Revista Opinião

O Promotor de justiça da comarca de José de Freitas, Flávio Teixeira de Abreu, informou na noite desta segunda-feira, 23, para o Revista Opinião, que o sangradoro da Barragem do Bezerro, será peça de uma ação impetrada na justiça local no sentido de obrigar o Estado recuperar o estrago que foi feito pelas máquinas para forçar a evasão da água, evitando o rompimento do paredão.

Flávio Teixeira disse que irá suspender suas férias, e no próximo dia 09 de Maio, estará retornando as atividades, onde vai aguardar um parecer dos engenheiros da Emgerp, e em seguida tomar as providências necessárias em prol do sangradoro, que teve o espaço totalmente degradado pelas máquinas.

“Vamos aguardar um levantamento dos técnicos para ver a possibilidade de fazer um trabalho de terra planagem, voltando o que era antes”. Afirmou Flávio Teixeira.


Revista Opinião