Escolas de José de Freitas iniciam período de férias: veja!

Matéria publicada em, 2 de julho de 2018

POR LUCAS NUNES

Ao findar do mês de junho, iniciam-se as férias em algumas escolas particulares e públicas de José de Freitas – PI, período de descanso de suas atividades pedagógicas.

Apesar do tardio início do período letivo 2018 1º semestre (devido ao processo burocrático de seleção e lotação de profissionais da educação), as escolas públicas deste município já deferiram férias para os alunos aprovados, entretanto, os que ficaram de recuperação continuarão em suas atividades até o dia 14 de julho, assistindo aulas e realizando provas.

AS FÉRIAS CHEGARAM, E AGORA?

É uma grande expectativa a vinda desse período sabático para todos os que de alguma forma dedicam parte considerável de seu tempo aos estudos, ainda mais para os ditos “estudantes profissionais”, que anseiam intensamente por esse momento, considerando este um troféu mais tão cobiçado do que sua aprovação no semestre, por exemplo. Dada a largada do seu início de férias, concomitantemente vem a dúvida: devo ainda estudar ou só aproveitar meus dias de folga, curtindo-os?

ACERTANDO ALGUNS DETALHES…

Esse interstício pode ser bastante útil para os estudantes que possuem alguma dificuldade em determinada disciplina reorganizarem seus conhecimentos, investir numa equiparação de conteúdos, ou seja, realizar os devidos reparos para retomar logo mais para suas salas de aula. Mas, como fazê-lo? Siga as dicas:

  • Defina um horário de estudo (e um de descanso): escolha um período para se dedicar à leitura dos principais assuntos, faça um acompanhamento através de planilhas, aplicativos e/ou gráficos. Não precisa se intensificar, lembre-se é importante que haja um descanso físico e uma recuperação emocional-cognitiva nesse período. Alimentar-se bem e dormir de forma tranquila é essencial.
  • Faça uma autoavaliação: relembre de forma pontual quais suas necessidades evidentes de melhora em determinada matéria. Para tanto, se possível, busque ajuda de profissionais para acompanhar essa sua trajetória. Além disso, resolva alguns questionários de assuntos estudados com maior dificuldade, e escreva mesmo em um papel com suas palavras o que precisa aprender, quais habilidades desenvolver e quais alternativas utilizar para que seu objetivo seja alcançado.

NINGUÉM É DE FERRO…

Com certeza, devemos ter tempo para descansar, relaxar, recompor nossas energias. E isso mesmo em períodos letivos com aulas é imprescindível para não esgotarmos nossa capacidade física, mental e emocional, os devidos cuidados com a alimentação, descansos físicos devem ser tomados. Há uma melhor produtividade quando se existe essa busca por um estado de equilíbrio da saúde. Nada mais conveniente do que as férias aparecerem numa época dessa que “todos” os neurônios foram queimados (rsrs). Separei algumas instruções para esse dias de “glórias” dos estudantes:

  • Viaje: Sim, passear é uma das melhores opções para esses momentos. Conhecer pessoas, lugares pode além de agregar conhecimento e experiências, contribuir para se recuperar as energias. Mas ao viajar não esqueça de levar um livro de leitura leve, empolgante, lembre-se: não podemos perder o hábito da leitura, por mais que se tenha diminuído a quantidade de páginas e conteúdos para isso. E por que não viajar para lugares em que possuem uma riqueza histórica, científica e filosófica, por exemplo? Contudo, eu não eliminaria as praias e os ambientes interioranos, ambientes bucólicos dessa possível lista de destinos.

 

  • Colônia de férias: Olha só que legal, passar suas férias com seus colegas de escola realizando atividades recreativas, esportivas e tendo o contato com a natureza! Geralmente essas são organizadas e idealizadas pelas escolas e/ou clubes, familiares, e é de grande valia para manutenção de laços de amizades, contato com ambientes saudáveis.

 

  • Tudo bem se ficar em casa: Caso você opte por ficar em casa ou na mesma cidade, seria interessante também para se organizar as ideias, o quarto, seus projetos. Sendo ano de vestibular ou se exista uma necessidade de se recuperar alguns conteúdos aprendidos com dificuldade na sala de aula, estude, sim, mas com uma carga horária menor. Divida por turnos, estudo e descanso. Separe tempo também para jogos educativos, atividades esportivas; passeie na casa de parentes e amigos, tudo isso vale a pena.

 

Portanto, aproveite suas férias da melhor maneira possível e de forma produtiva, afinal de contas ela só tem duas vezes em um ano. E não deixe de se aquecer para o retorno às aulas, separe os últimos dias desse período para voltar seus olhos para as letras impressas em seus livros, tudo bem?

Boas férias!

(Profº Lucas Nunes)

Encontre as principais dicas do professor:

Acesse: https://www.instagram.com/formuladamatematica/


Revista Opinião