Portal Revista Opinião

Escola Padre Sampaio promove palestra anti-drogas

Matéria publicada em, 21 de maio de 2012

A escola estadual Padre Sampaio, localizada na Rua Hugo Napoleão, no centro de José de Freitas, promoveu na última quinta feira (17), uma palestra anti-drogas para seus alunos e funcionários, com o tema “álcool e outras drogas: causas e consequências para usuários”.

A palestra aconteceu no teatro Barítono Raimundo Pereira a partir das 15 horas e contou com dois palestrantes, o comandante da Guarda Municipal de José de Freitas, João Carlos Cunha, que falou sobre os tipos de drogas e seus efeitos nocivos para os usuários e suas famílias, e o jovem estudante de direito João Pedro Fontinele, que falou sobre a legislação criminal que rege os traficantes e usuários de drogas, com suas implicações, penas e punições para os envolvidos.

Equipe organizadora

A atividade faz parte do “Mais Educação”, que é um programa de ação intersetorial entre as políticas públicas educacionais e sociais, visando promover a ampliação do tempo de permanência dos alunos na escola, procurando proporcionar vivência e experimentação desses alunos no tocante a questões relacionadas à prevenção da saúde, e mantendo-os longe de situações de risco.

A palestra foi organizada pela direção da escola, através do Programa Mais Educação, em parceria com o PSE (Programa de Saúde na Escola), coordenado na cidade pela enfermeira Conceição Ferreira.

“À medida do possível estamos tentando fazer o nosso papel, que é formar os jovens não só para o mundo, através do trabalho, mas também para a vida, como cidadãos, mantendo-os longe de tudo que é ruim, incluindo as drogas. Isso reflete diretamente no bom rendimento e desempenho do aluno na escola”, pontuou a diretora da escola Padre Sampaio, professora Socorro Ferreira.

Professora Socorro Ferreira com colaboradoras

Para a coordenadora do PSE, enfermeira Conceição Ferreira, atividades como essas são essenciais e tem um reflexo positivo relevante na formação dos alunos e no combate à violência. Ela adiantou ainda que está a disposição para colaborar com outras escolas que queiram promover atividades como essa. Para ela “atividades como essa são de suma importância e deviam ser mais promovidas por todas as escolas. Isso teria, a médio e longo prazo, um efeito enorme no combate à violência, o que refletiria na melhora da qualidades de vida de todos nós”, finalizou.

Veja Imagens da Palestra:

Palestrante GCM João Carlos Cunha

Palestrante João Pedro

Enfermeira palestrante

Enfermeira falando sobre as implicações das drogas na saúde

Da Redação com informações e fotos da direção da escola


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO