Encontrado o corpo do professor José Wellington em matagal próximo a José de Freitas

Matéria publicada em, 20 de maio de 2014

Encontrado o corpo do professor José Wellington Gomes da Rocha, na manhã desta terça-feira (20/050, por volta das 10h15, num matagal na localidade Maracujá, zona rural de José de Freitas, estrada vicinal que liga ao povoado Ema. O corpo, já em estado de putrefação, foi encontrado pelo popular Raimundo do Gesso.

José Wellington tinha 43 anos de idade
José Wellington tinha 43 anos de idade e recentemente havia concluído o curso de pedagogia numa faculdade

José Wellington estava desaparecido desde sábado (17). Seu corpo foi encontrado deitado com o rosto apontado para o chão próximo a um lixão.

Desde esta segunda-feira (19), familiares e amigos de José Wellington faziam buscas no Município de José de Freitas no intuito de encontrá-lo ainda com vida. Raimundo do Gesso, que também participava das buscas, acabou encontrando o corpo do professor no matagal, após sentir um mau cheiro.

A Polícia Civil foi acionada e equipes do Instituto de Criminalística e do Instituto Médico Legal de Teresina removeram o corpo do professor para o IML na Capital do Piauí, onde está sendo submetido a exames, para depois ser liberado para os familiares em José de Freitas.

A polícia vai continuar investigando o caso. Até o momento, apenas um menor é apontado como suspeita do crime. Ele prestou depoimentos mas a polícia ainda não conseguiu elucidar o crime.

A cidade toda ficou chocada com o assassinato brutal do professor, que para os que o conheciam não era capaz de fazer mal a nenhuma pessoa. Todos clamam por justiça na cidade de José de Freitas.

Segundo informações do repórter Jorge Luis, que está no IML em Teresina, provavelmente o corpo estará liberado por volta das 19 horas de hoje e será velado na sede do SISMUJOF na rua Antonio da Costa Carvalho, centro de José de Freitas.

Da Redação


Revista Opinião