Dono de trailer é espancado até a morte por colega de trabalho e polícia investiga o crime

Matéria publicada em, 23 de agosto de 2018

Os policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), registraram nas primeiras horas dessa quinta-feira (23), a morte de Raimundo Gilson Nélio Garcia, de 52 anos, vítima de espancamento após uma briga no seu local de trabalho, no bairro Planalto Uruguai, na zona Leste de Teresina.

Raimundo Gilson era proprietário do trailer Chapa Quente, que comercializa lanches e bebidas, e teria sido violentado por outro funcionário do estabelecimento em um suposto crime por homofobia durante por volta das 5h da manhã de hoje.

A vítima era homossexual e bastante conhecido na região como ‘Gigi Viado’. Gilson foi espancando com murros até a morte. Com ferimentos graves,vindo a falecer no local.

A polícia ainda trabalha para investigar a motivação do crime. O suspeito  fugiu após cometer o assassinato  contra Raimundo Gilson. Os agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), investigam o caso.

Uma equipe do Instituto de Medicina Legal (IML), foi acionada e esteve no local para remover o corpo.


Revista Opinião