Portal Revista Opinião

Detento acusado de vários crimes em José de Freitas morre dentro da Casa de Custódia em Teresina

Matéria publicada em, 21 de fevereiro de 2021

O freitense Francisco Gomes da Silva, 56 anos de idade, mais conhecido por Chico Pastora, morreu no início da noite deste domingo 21 de Fevereiro, vítima de um choque elétrico dentro da penitenciária Prof. José de Ribamar Leite, Casa de Custódia, localizada no Km 7 em Teresina, onde ele se encontrava preso deste 2017 por crime praticados em José de Freitas.

Segundo informações repassadas por funcionários do presídio para os familiares do detento em José de Freitas, o incidente téria acontecido com uma barra de ferro que a vítima utilizava para retirar uma manga do pé, oportunidade que acabou atingindo a rede elétrica sofrendo uma forte descarga elétrica, tendo morte imediata.

Chico Pastora como era conhecido estava preso por ordem da justiça local, acusado dos crimes de furto, roubo e estupro em José de Freitas. O detendo chegou inclusive a fugir da penitenciária Major Cesar no município de Altos-PI, onde passou um bom tempo preso, mais foi recapturado nesta cidade e levado para a Casa de Custódia em Teresina, onde se encontrava preso em regime semiaberto e inclusive desempenhava algumas tarefas dentro da prisão.

FOTO: Arquivo da prisão em José de Freitas em 2017

Uma Assistente Social da Secretaria de Justiça, está tratando juntamente com a família da liberação do corpo para em seguida fazer o velório e sepultamento em sua terra natal, José de Freitas. O falecido sempre morou em José de Freitas até ser preso, ele era irmão da Professora Celsa, do comerciante Edmar Pastora e do caminhoneiro Zé Orlando, ambos lamentaram muito pela vida que o irmão resolveu levar até ter um fim trágico.

FOTO: Arquivo da prisão em José de Freitas em 2017


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO