Portal Revista Opinião

de óleo ao redor de navio encalhado no Maranhão

Matéria publicada em, 29 de fevereiro de 2020

O Ibama confirmou ontem (28) que uma inspeção realizada pela manhã identificou uma mancha de óleo ao redor do navio MV Stellar Banner, encalhado a cerca de 100 quilômetros da costa do Maranhão.

Foto reprodução

De acordo com o órgão, o óleo pode ter saído do porão da embarcação e estaria em um raio de cerca de 830 metros do navio.

Segundo a empresa sul-coreana Polaris, responsável pelo navio, os tanques estão intactos e os motores de geração de energia funcionam normalmente.

A embarcação, construída em 2016, é de propriedade e operada pela Polaris. Como operadora portuária, a Vale vem atuando com suporte técnico-operacional, com o envio de rebocadores, e colaborando com as autoridades marítimas.

A Marinha já havia aberto um inquérito administrativo para apurar eventuais vazamentos no navio.

O navio MV Stellar Banner, que está encalhado no oceano Atlântico a cerca de 100 km da costa do Maranhão, derramou apenas 333 litros de óleo no mar por enquanto, estimou o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) nesta sexta-feira (28). O cálculo foi feito pelos sensores de detecção de óleo do Poseidon, um avião do órgão.

Carregado com 300 mil toneladas de minério de ferro, além de quatro milhões de litros de combustível e óleo, o navio encalhou no último dia 25 de fevereiro, após sair do porto de Ponta da Madeira, em São Luís (MA), rumo à China.

 

Fonte: Carta Piauí


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO