Corrida presidencial: Lula lidera e Bolsonaro chega a 2º lugar, diz Datafolha

Matéria publicada em, 30 de abril de 2017

Lula tem 30%, Bolsonaro, 15%, e Marina, 14%, aponta pesquisa Datafolha para 2018. Pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Instituto ouviu 2.781 pessoas nos dias 26 e 27 de abril.

O ex-presidente Lula da Silva se reúne com as bancadas do PT no Senado e na Câmara (Valter Campanato/Agência Brasil)

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém-se na liderança na corrida para a Presidência em 2018 segundo a primeira pesquisa do Datafolha após a delação da Odebrecht à Operação Lava Jato. Apesar de ser um dos nomes citados nos depoimentos, Lula chega a 30% das intenções de votos e amplia a distância dos demais possíveis candidatos.

Marina Silva (Rede) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aparecem em seguida. O político da direita subiu de 9% para 15% e de 8% para 14% nos cenários em que disputam, respectivamente, os tucanos Aécio Neves e Geraldo Alckmin. Em ambos os casos Bolsonaro surge tecnicamente empatado com Marina. Em simulações de segundo turno, a candidata da Rede e o juiz Sérgio Moro são os únicos que vencem Lula.

A pesquisa também aponta que nomes relevantes do PSDB e o atual presidente Michel Temer (PMDB) sofrem com altos índices de rejeição. Temer, com 64%, lidera o ranking de rejeição, seguido por Lula (45%), Aécio (44%) e Alckmin (28%). Quem ganha com a queda da popularidade dos colegas do PSDB é João Dória. Com baixa rejeição (16%), o prefeito de São Paulo desponta como um possível presidenciável.

Cenário 1 (com Aécio):

  • Lula (PT): 30%
  • Jair Bolsonaro (PSC): 15%
  • Marina Silva (Rede): 14%
  • Aécio Neves (PSDB): 8%
  • Ciro Gomes (PDT): 5%
  • Michel Temer (PMDB): 2%
  • Luciana Genro (PSOL): 2%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 1%
  • Eduardo Jorge (PV): 1%
  • Branco/nulo/nenhum: 17%
  • Não sabe: 4%

Cenário 2 (com Alckmin):

  • Lula (PT): 30%
  • Marina Silva (Rede): 16%
  • Jair Bolsonaro (PSC): 14%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
  • Ciro Gomes (PDT): 6%
  • Michel Temer (PMDB): 2%
  • Luciana Genro (PSOL): 2%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 2%
  • Eduardo Jorge (PV): 1%
  • Branco/nulo/nenhum: 16%
  • Não sabe: 4%

Cenário 3 (com Doria)

  • Lula (PT): 31%
  • Marina Silva (Rede): 16%
  • Jair Bolsonaro (PSC): 13%
  • João Doria (PSDB): 9%
  • Ciro Gomes (PDT): 6%
  • Michel Temer (PMDB): 2%
  • Luciana Genro (PSOL): 2%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 1%
  • Eduardo Jorge (PV): 1%
  • Branco/nulo/nenhum: 15%
  • Não sabe: 4%

Cenário 4 (sem Lula e Temer, com Doria)

  • Marina Silva (Rede): 25%
  • Jair Bolsonaro (PSC): 14%
  • Ciro Gomes (PDT): 12%
  • João Doria (PSDB): 11%
  • Luciana Genro (PSOL): 3%
  • Eduardo Jorge (PV): 2%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 2%
  • Branco/nulo/nenhum: 25%
  • Não sabe: 6%

Cenário 5 (sem Lula e Temer, com Alckmin)

  • Marina Silva (Rede): 25%
  • Jair Bolsonaro (PSC): 16%
  • Ciro Gomes (PDT): 11%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Luciana Genro (PSOL): 4%
  • Ronaldo Caiado (DEM): 2%
  • Eduardo Jorge (PV): 2%
  • Branco/nulo/nenhum: 27%
  • Não sabe: 6%

Cenário 6

  • Lula (PT): 29%
  • Marina Silva (Rede): 11%
  • Jair Bolsonaro (PSC): 11%
  • Sergio Moro (sem partido): 9%
  • Aécio Neves (PSDB): 5%
  • João Doria (PSDB): 5%
  • Joaquim Barbosa (sem partido): 5%
  • Ciro Gomes (PDT): 5%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 3%
  • Luciano Huck (sem partido): 3%
  • Branco/nulo/nenhum: 11%
  • Não sabe: 4%

Em relação ao segundo turno, foram feitas seis projeções. São elas:

Cenário 1

  • Lula: 43%
  • Aécio: 27%

Cenário 2

  • Lula: 43%
  • Alckmin: 29%

Cenário 3

  • Marina: 41%
  • Lula: 38%

Cenário 4

  • Moro: 42%
  • Lula: 40%

Cenário 5

  • Lula: 43%
  • Bolsonaro: 31%

Cenário 6

  • Lula: 43%
  • Doria: 32%

Corrupção

O instituto perguntou ainda em que governo mais se praticou o crime de corrupção. Veja os índices:

  • Lula: 32%
  • Dilma: 22%
  • Collor: 11%
  • Temer: 9%
  • FHC: 8%

Fonte: G1


Revista Opinião