Portal Revista Opinião

Corinthians e Palmeiras fazem federação lucrar mais que São Paulo e Santos no Paulista

Matéria publicada em, 17 de março de 2015

Os novos estádios de Corinthians e Palmeiras vêm deixando muitos sorrisos abertos na Federação Paulista de Futebol (FPF). De casa nova, os dois clubes dominam o estadual no quesito ‘estádio cheio’ e, por consequência, deixam os cofres dos manda-chuva do futebol estadual cada vez mais cheios.

Pal e Cor

A explicação é simples: em cada jogo realizado, a FFP embolsa 5% da renda. Só com Corinthians e Palmeiras, a federação colocou R$ 1,008 milhão nos cofres. Nem São Paulo e nem Santos conseguiram tanto dinheiro com a receita líquida (a renda do jogo, menos as despesas gastas para a realização dele) do Paulista – o clube tricolor ganhou R$ 880 mil, e o alvinegro praiano, R$ 214 mil.

Quem mais dá dinheiro à Federação é o Palmeiras. Como já mostrado pelo ESPN.com.br, o time alviverde tem uma receita impressionante que supera até estaduais inteiros. São nada menos que R$ 8,345 milhões de receita líquida no Paulista. O Corinthians leva menos da metade deste valor, mas ainda sim está bem a frente dos outros rivais: R$ 3,121 milhões.

Enquanto isso, São Paulo e Santos sofrem. O time tricolor não vive grande fase, cobra ingressos caros e tem as arquibancadas vazias como uma resposta da torcida para tudo isso – no último jogo do Morumbi, nem 5 mil tricolores presenciaram a vitória sobre o São Bento. Já o Santos, que conta com o menor estádio dos quatro grandes, não transformou a boa fase em campo em receita nas arquibancadas.

Veja a lista de lucro líquido:

Palmeiras: R$ 8,345 milhões
Corinthians: 3,121 milhões
São Paulo: 880 mil
Santos: 214 mil

Da Redação                                ESPN


Revista Opinião
ESPORTES
ENTRETENIMENTO